Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Por calendário, São Paulo estuda jogar Paulistão de 2014 com time B

22 outubro 2013 - 11h31Via Uol
A diretoria do São Paulo estuda a possibilidade de jogar a maior parte do Paulistão de 2014 com um time reserva, sem as principais estrelas. A medida é cogitada pelo clube e será estudada ao término da atual temporada. A iniciativa foi sugerida por conta dos problemas de calendário no ano que vem e pelo desgaste físico excessivo que prejudica o elenco na atual temporada.

A análise do São Paulo é que jogar o Paulistão sem os principais jogadores daria mais tempo de preparação aos titulares, no início de ano. Caso o São Paulo não chegue à final da Copa Sul-Americana, o elenco poderá sair em férias a partir do dia 9 de dezembro, para voltar em 9 de janeiro. O clube entende que a partir de então os titulares poderiam fazer uma pré-temporada de pelo menos um mês ou até 40 dias, como no futebol europeu. Nesta segunda-feira, a FPF adiou o início do Paulistão para 19 de janeiro.

A medida faria com que o clube utilizasse pelo menos na primeira fase do Paulistão uma equipe sem os principais jogadores. Sem disputar a Copa Libertadores, a equipe teria a tranquilidade e o cenário ideal para colocar os titulares para jogar apenas a partir do fim de fevereiro, em partidas amistosas. Depois, teria a possibilidade de fazer os titulares chegarem sem desgaste e em plenas condições físicas na fase final do Estadual.

O clube, no entanto, sabe das indisposições que poderá causar caso decida avançar na ideia de jogar a maior parte do Paulistão sem os principais atletas. A diretoria sabe que poderá ser cobrada pela Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do campeonato.

Outro atrito que poderá acontecer é com o presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol), Marco Polo Del Nero, potencial candidato à presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), em eleição a ser realizada no fim do primeiro semestre de 2014. O cartola, que briga pelo apoio do clube, veria o São Paulo deixar de lado o campeonato que sua federação comanda.

Del Nero tem mantido contato com o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, e com outros membros da diretoria. Ele faz lobby pelo apoio nas eleições presidenciais da CBF. Nas últimas semanas, Del Nero saiu em defesa do São Paulo e pediu que o Palmeiras retirasse o reforço ao boicote ao rival do Morumbi na Copa São Paulo do próximo ano. O mandatário da FPF falou com o presidente palmeirense Paulo Nobre e solicitou que o clube não fizesse parte do movimento contra o São Paulo, por conta de denúncias de supostos aliciamentos a jogadores de 16 anos ou menos. O Palmeiras atendeu.

Do outro lado, está o ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez. Este também tem boa relação com Juvenal Juvêncio, apesar da troca de farpas quando ainda ocupava a principal cadeira do clube rival. Andrés partilha dos mesmos ideais políticos de Juvenal e tem elogiado o presidente do São Paulo sempre que é questionado desde sua saída do Corinthians.

Recentemente, o Bom Senso FC - movimento liderado pela zagueiro Paulo André, do Corinthians, e pelo meia Alex, do Coritiba - se levantou contra o calendário do futebol brasileiro. Os integrantes não falam publicamente sobre a disputa dos Estaduais do ano que vem com times reservas, mas reivindicam alterações de datas e planejamento para a melhor prática do futebol profissional no Brasil. No São Paulo, Rogério Ceni, Fabrício, Jadson e Luis Fabiano foram os primeiros que apoiaram a iniciativa.

Caso o São Paulo coloque a medida em prática e dispute o Paulistão sem os principais atletas, fará parecido com o que o Atlético-PR praticou nesta temporada. O clube paranaense disputou o Estadual no início do ano com uma equipe sub-23, enquanto o elenco principal se dedicou a uma longa pré-temporada. Mesmo com os jovens, chegou à final do torneio e foi derrotado pelo rival Coritiba. Hoje, com o elenco principal, colhe os frutos da boa preparação. Mesmo com um orçamento muito inferior ao dos grandes clubes do país, briga no topo da tabela do Brasileirão e tem vaga encaminhada para a Copa Libertadores de 2014, um ano após ser promovido da Série B.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Atleta de MS representará o Brasil nos jogos Pan-Americanos Junior
Esportes
Público aos estádios a partir de outubro em São Paulo
Esportes
Medalhista paralímpico Phelipe Rodrigues velejará para ajudar em ação solidária
Esportes
Tite convoca seleção brasileira para jogos eliminatórios do Catar 2022
Esportes
Dardistas de MS são convocados para os Sul-Americanos Sub-18 e Sub-23 de Atletismo
Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade

Mais Lidas

Cidade
Incêndio atinge margens do rio Paraguai em Corumbá
Clima
Tempestade faz temperatura despencar 15 graus e destelha apartamento em Campo Grande
Polícia
Mulher é agredido e esfaqueia pênis de marido
Polícia
Homem é assassinado a tiros por dívida de R$ 100,00