Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Esportes

Pré-temporada alongada pode explicar falta de reação do Corinthians

31 janeiro 2014 - 10h54Via Uol
Quando levou o quarto gol do Santos, o Corinthians ainda estava a 28 minutos do fim do jogo, mas ainda assim praticamente parou de correr. A falta de reação diante do "olé" dos rivais, segundo o preparador físico do clube do Parque São Jorge, pode ser explicada por um cansaço natural, reflexo de uma pré-temporada especial.

"A gente tem treinado mais. Apesar do Santos ter jogado domingo e a gente sábado, nós treinamos muito mais que o Santos. Quando a gente inicia uma bateria de treinos, no próximo dia você tem um cansaço. A gente tem encarado janeiro como um período de pré-temporada", disse Eduardo Silva, em entrevista ao Uol Esporte.

Na prática, isso significa que o elenco alvinegro tem sido submetido a uma carga maior de exercícios que as demais equipes, em geral. Por isso, seria mais difícil para o time reagir no segundo tempo. Até agora, de fato, o Corinthians só marcou uma vez na etapa final – contra o Paulista, pela segunda rodada.

Contra o Santos, especificamente, o Corinthians simplesmente recuou. Enquanto a torcida gritava "olé" nas arquibancadas, o time não tentava igualar o marcador e sequer perdia a cabeça com as provocações, o que irritou ainda mais a torcida.

"Nós tivemos pouco tempo de trabalho. Não é uma justificativa, estou só tentando expressar, mas também tive essa sensação [de que houve cansaço]. Não sei se os atletas baixaram a guarda ou foi problema físico", disse Edu Gaspar, gerente de futebol do Corinthians, evitando usar a preparação como desculpa, mas identificando o problema.

"Você olha e parece que o jogador fica com a reação atrasada, isso acontece mesmo. Outros fatores também podem interferir. Numa situação dessas [de goleada], você pode ter mais agressividade e querer dar pancada quando vê que a coisa já foi. Ou, de repente, fecha a casa e vê que tá ruim", disse Dudu Silva.

Se atrapalhou uma eventual tentativa de reação do Corinthians, a preparação pode trazer frutos no futuro. A partir de agora, com a chegada do mês de fevereiro, a rotina da preparação física do clube entra em outra fase e a ideia é que os jogadores desfrutem dos reflexos da pré-temporada.

"No futebol você precisa ganhar sempre, mas a gente também tem de fazer opções, pensar em um plano maior. Nós queremos colocar o atleta em um padrão melhor de performance. A gente quer ter mais estabilidade", disse o preparador.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal
Esportes
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada
Esportes
Vídeo: polícia usa bala de borracha durante confusão no Campeonato Sul-Mato-Grossense
Esportes
Após quase 5 anos, Renato Gaúcho deixa o comando do Grêmio

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio