Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Quebra de tabu ainda é muito pouco, avisa meia corintiano

10 maio 2012 - 10h42Ricardo Nogueira/Folhapress

Autor do terceiro gol corintiano na vitória por 3 a 0 sobre o Emelec, o meia Alex disse que a quebra de um tabu de 12 anos é muito pouco para a equipe.

"Ainda é muito pouco. Não adianta chegarmos à final e ficarmos em segundo", analisou Alex após a partida. Desde 2000, o time alivnegro não sabia o que era passar por um mata-mata de Libertadores.

Sobre o Vasco, adversário das quartas de final da competição, o atleta disse que serão duas partidas perigosas. "Serão duas partidas perigosas. Foi a única equipe que nos seguiu ponto a ponto no Brasileiro do ano passado. Fizemos dois jogaços contra eles", opinou.

Além de Alex, Fábio Santos e Paulinho fizeram os gols corintianos. Paulistas e cariocas se enfrentarão em São Januário na ida das quartas de final, sem data definida. O jogo decisivo acontece no Pacaembu.

Via Folha

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Campo Grande sediará a Liga das Nações que foi adiada para 2021
Esportes
Fluminense perde para o Volta Redonda na reestreia de Fred
Esportes
Nenê testa positivo para covid-19 e está fora do Campeonato Carioca
Esportes
Amigos do Parque volta com nova formatação durante pandemia
Esportes
Operário convoca torcedores para se associarem e ajudar o Clube
Esportes
Etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude é cancelada
Esportes
Em "novo normal", Flamengo bate por 3 a 0 o Bangu na volta do Carioca
Esportes
Flamengo e Bangu reabrem Campeonato Carioca após paralisação
Esportes
Dividas de clubes de futebol com a Receita Federal podem ser suspensas
Esportes
Corrida Digital tem estratégia inovadora

Mais Lidas

Política
Coronel David declara pesar pelo homicídio de Carla Santana
Polícia
Jovem é perseguida por Sedan no Itamaracá, autor é detido e pode ser solto
Geral
Vídeo: Esposa de governador afirma que ninguém deve doar marmita à moradores de rua
Cidade
Obra na Praça do Jardim Noroeste deve ser entregue em dezembro