Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Reservas da Itália fazem 5 a 3 no Flu em amistoso pré-Copa

09 junho 2014 - 10h56Via Terra
O Fluminense não foi capaz de segurar os reservas da seleção italiana na tarde desse domingo. Jogando no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, a Itália venceu por 5 a 3 seu último amistoso antes do início da Copa do Mundo. Após um empate no primeiro tempo, os italianos deslancharam na etapa final e garantiram o placar.

Antes da partida, dois fatos chamaram atenção no estádio. Primeiro, o meia Cícero entrou no gramado com a camisa 5 e foi apresentado aos torcedores. O jogador, porém, não participou da partida. Antes da bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio por conta da morte do ex-jogador Fernandão. Mesmo sem ter jogado no Rio de Janeiro, a torcida gritou o nome do atleta enquanto sua foto aparecia no telão.

A etapa inicial foi bem movimentada, com as equipes marcando forte no meio-campo e arriscando jogadas pelas laterais do campo. A Itália abriu o placar aos 22min, com Insigne. Depois de vacilada da defesa do Fluminense, Immobile recebeu livre dentro da área e tocou rasteiro para o atacante marcar. Não demorou muito e o time carioca empatou. Aos 25min, Gustavo Scarpa cruzou para Chiquinho mandar para dentro da rede. Aos 30, Immobile acertou bela cabeçada e colocou a seleção italiana em vantagem. Porém, aos 36min, Carlinhos, com falha do goleiro Perin, empatou novamente e deu números finais ao primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Fluminense chegou com Walter aos 2min, arriscando de fora da área, e dava indícios de que poderia virar a partida. Mas não passou disso.

Em três minutos a Itália fez três gols e liquidou a partida. Aos 8min, o goleiro Felipe saiu errado e a bola sobrou para Cerci, que tocou para Immobile fazer o terceiro. E foi do próprio atacante o quarto gol italiano. Aos 10min, depois de passe de Thiago Motta, o jogador ficou cara a cara com o goleiro e marcou. O quinto saiu dos pés de Insigne, apenas um minuto depois. Chiquinho falhou na saída de bola, Immobile recebeu passe na área e tocou para o lado. Insigne apareceu sem marcação e ampliou o placar.

Já com a goleada instaurada, o técnico Cesare Prandelli mudou o time inteiro e colocou seus principais jogadores em campo. Aos 17min entraram: De Sciglio, Barzagli, Bonucci, Pirlo, Marchisio, De Rossi, Cassano e Balotelli.

O Fluminense ainda descontou aos 17min, com Matheus Carvalho. O atacante bateu forte de fora da área e acertou o canto do goleiro italiano. Apesar dos principais jogadores italianos em campo, a equipe carioca ainda conseguiu impor seu ritmo no jogo, criou chances de gol, mas não conseguiu diminuir o placar.

A Itália integra o Grupo D da Copa, junto com Inglaterra, Uruguai e Costa Rica, e estreia diante dos ingleses, no dia 14 de junho, às 16h (de Brasília), em Fortaleza.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Dardistas de MS são convocados para os Sul-Americanos Sub-18 e Sub-23 de Atletismo
Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro

Mais Lidas

Geral
Vídeo: "Peixe de bosteiro", morador de rua engana população de Paranaíba
Polícia
Menino de 2 anos mata prima atropelada após dar partida em carro
Polícia
Funcionários da Energisa ficam sob mira de arma ao tentar podar árvores na Vila Olinda
Polícia
Operação “Dark Money” investiga desvio de R$ 23 milhões no esquema de corrupção em Maracaju