Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Taffarel aprova Júlio César no Canadá: 'importante é jogar'

25 fevereiro 2014 - 11h30Via Terra
Titular de Luiz Felipe Scolari na Seleção Brasileira, o goleiro Júlio César acertou recentemente com o Toronto FC, clube que defenderá pelo menos até a Copa do Mundo de 2014. O arqueiro estava na reserva do Queens Park Rangers e terá no clube canadense um destino em que possa se manter ativo. Para Taffarel, isto é o importante. De acordo com o camisa 1 do tetracampeonato, era necessário que Júlio César vivesse a atmosfera de competição.

"Vai ser muito importante. Espero que ele se recupere nesse time porque o Felipão conta com ele. Ele vai ser uma peça importante, tem experiência e jogou muito bem na última Copa do Mundo", afirmou Taffarel em entrevista ao Terra.

O ex-jogador foi usado como exemplo por Scolari para defender a ida de Júlio César ao Canadá. O treinador lembrou que, em 1994, Taffarel defendia o Reggiana, que terminou a temporada 1993/94 do Campeonato Italiano na 14ª colocação, com um ponto a mais que o primeiro time rebaixado à segunda divisão. Ele tinha contrato com o Parma, mas, em busca de mais espaço, defendeu a pequena equipe de Reggio Emilia.

"É muito parecida. Estava até torcendo que o Júlio saísse dessa equipe inglesa, que fosse para uma equipe para jogar, pudesse realmente se preparar. O Felipão conta muito com ele. Sem jogar, ele iria perder muito mesmo. Até pensava que não teria condições de jogar a Copa do Mundo se continuasse assim. Agora começou a jogar, treinar de verdade, tem a responsabilidade de um jogo", disse o ex-goleiro, que atualmente vive na Turquia e trabalha como treinador de goleiros do Galatasaray.

No Toronto FC, Júlio César vai participar da Major League Soccer (MLS), a liga de futebol dos Estados Unidos. Taffarel admite que o nível é inferior em relação ao futebol italiano da década de 1990, mas considera que é suficiente para que o goleiro se prepare para a Copa de 2014.

"Tem uma diferença grande, mas o que tem que pensar é que vai treinar em um clube, vai se dedicar, mesmo que seja um outro nível. Cada país tem sua dificuldade no futebol. É um nível diferente, mas o importante é treinar e jogar. Ficar sozinho, no parque, como vi que ele estava fazendo, isso não existe. Aí sim é outra situação. Agora pode se preparar bem para uma Copa", explicou.

"Acho que a experiência que ele traz da África do Sul vai ajudar bastante. Assim como foi em 1990, quando jogamos eu, Dunga, Jorginho, Branco, Bebeto e Romário, e depois acabamos jogando em 1994. Foi fundamental. Quanto mais jogadores tiverem essa experiência, vai ajudar bastante", acrescentou o camisa 1 da Copa do Mundo de 1994.
Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Águia Negra enfrenta o líder do grupo e busca sua primeira vitória no Brasileiro
Esportes
Grêmio, Inter e Athletico-PR podem se classificar hoje para às oitavas da Libertadores
Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro