Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Técnico, grupo e informante: Barcos cita ajuda para superar 'críticas cruéis'

17 outubro 2013 - 10h54Via Globoesporte.com
Foram nove jogos, 34 dias, 905 minutos. Período sem marcar gol, fase de pressão. Barcos ouviu vaias da torcida e reparos da imprensa de um lado. De outro, recebeu apoio de Renato Gaúcho e do grupo de jogadores do Grêmio. Com ajuda de um "informante", soube lidar com o que definiu como "críticas cruéis" para voltar a balançar a rede adversária. Fez isso diante do Corinthians, o que o deixa aliviado para continuar a caminhada no Brasileirão e na Copa do Brasil.

A verdade é que o gol saiu na hora certa: na véspera do clássico contra o Inter, domingo, em Caxias do Sul. Uma tranquilidade que faltava no dia a dia do Pirata.

"Ninguém gosta de escutar críticas. Ainda mais quando são coisas demasiadas. Tem um amigo que me passa as coisas. Alguns repórteres falam coisas cruéis. Menos mal que o apoio me deixou forte. O Renato passou muita confiança. Tive cabeça forte e consegui marcar após um bom tempo. Isso dá confiança, afinal, não ganhávamos há dois jogos, e agora temos tranquilidade para o domingo" detalhou o camisa 9.

O presidente Fábio Koff, o homem que contratou o atacante do Palmeiras, tem opinião parecida. Para ele, que lembrou os outros três períodos de jejum, menores, claro, a responsabilidade atrapalhou:

"Barcos estava com ansiedade. Isso porque a responsabilidade é muito grande. E ela existia desde que assumiu como capitão. Ele trouxe toda a responsabilidade para cima de si."

Renato reconheceu que o período de seca era grande. Porém, reiterou a confiança no argentino.

"O Barcos é meu capitão e pode não estar na sua melhor fase, mas ajuda muito e preocupa o adversário. Você tem que dar moral, confiança e carinho. Tem que bancar. Se eu tiver que tirar, vou tirar pela minha cabeça. Respeito o torcedor e a imprensa, mas quem decide e manda no time sou eu. Fiquei contente por ele, o grupo sabe o quanto é importante dentro e fora do campo" comparou o comandante.

Barcos terá a chance de voltar a marcar no Gre-Nal. No primeiro turno, com gol dele, o clássico encerrou em 1 a 1.

"Clássico é sempre difícil. Cada um dá a vida para ganhar. Vamos melhorar algumas coisas e tentar a vitória. Já fiz um gol e é muito bom, mas o mais importante é ganhar."
Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Águia Negra enfrenta o líder do grupo e busca sua primeira vitória no Brasileiro
Esportes
Grêmio, Inter e Athletico-PR podem se classificar hoje para às oitavas da Libertadores
Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro