Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_tecnico
Esportes

Valcke brinca sobre estruturas temporárias: 'não vou pagar'

25 março 2014 - 12h08Via Terra
O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, chegou ao Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira e passou o dia reunido na sede do COL (Comitê Organizador Local), na Riocentro, zona oeste da cidade, para resolver pendências relativas à Copa do Mundo de 2014 no país.

Um dos principais pontos que será discutido nas reuniões que acontecerão até quinta-feira é no que diz respeito às estruturas temporárias que serão montadas durante o Mundial - algumas cidades-sede estão se negando a arcar com os custos das montagens. As obras no Beira-Rio, em Porto Alegre, e Arena Corinthians, em São Paulo, também foram abordadas.

A preocupação com as obra da Arena Corinthians é tão grande que o ex-presidente do Corinthians e coordenador de obras do estádio, Andrés Sanchez, chegou à sede do COL de helicóptero e pegou um carro para entrar pelo estacionamento subterrâneo do prédio e assim não ser visto. O dirigente chegou no meio da tarde e saiu após o secretário-geral.

Solícito e muito simpático, Valcke respondeu tranquilamente aos questionamentos sobre o andamentos finais das obras nas arenas e afirmou que não pagará a conta das estruturas temporárias.

"Eu é que não vou pagar", disse, sem deixar claro se o "eu" era ele ou a Fifa. Em seguida, o francês afirmou para o repórter que fez a pergunta que ele também não iria. O jornalista respondeu que, se fosse com dinheiro público, seria ele também. E Valcke completou: "mas você vai precisar disso para trabalhar", encerrando o assunto e dando a entender que a imprensa precisará de alguma das estruturas provisórias nas arenas.

Sobre o Beira-Rio, Valcke afirmou que está confiante que os problemas serão solucionados com a votação de um projeto de lei que concede incentivos fiscais às empresas privadas para pagarem as obras. Ele acredita que o PL, que está parado há quase um mês na Assembleia de Porto Alegre, será votado nesta terça-feira. "A questão do Beira-Rio será votada, e confiamos que tudo será resolvido" disse.

Já sobre a Arena do Corinthians, Valcke afirmou que o problema também é na questão das estruturas temporárias, mas que espera que até quinta, quando concederá uma entrevista coletiva, tudo esteja resolvido. "O problema são sempre as estruturas temporárias. Tivemos um encontro hoje, devemos ter respostas amanhã do que foi conversado, mas até quinta teremos a solução", concluiu.

No fim da conversa, uma funcionária do COL interrompeu a despedida do secretário-geral para informar aos seus assessores que o ex-jogador Ronaldo estava com problemas em sua reserva no hotel Fasano.
Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Olimpíadas: Mais dois casos de covid-19 entre atletas são confirmados
Esportes
Ítalo Ferreira no surfe dá 1º ouro ao Brasil em Tóquio
Esportes
Olimpíadas: Após jogo difícil contra a Argentina, vôlei do Brasil avança
Esportes
Confira a posição do Brasil na tabela de medalhas das Olimpíadas
Esportes
Olimpíadas: aos 13 anos, 'Fadinha' garante prata para o Brasil no Skate
Esportes
Oitavas do surfe começam neste domingo com quatro brasileiros
Esportes
Olimpíadas: Skate e judô rendem as primeiras medalhas para o Brasil
Brasil
Vôlei feminino: Brasil vence Coreia do Sul por três sets a zero
Esportes
Veja o quadro de medalhas por país nas Olimpíadas
Esportes
Futebol: Seleção brasileira feminina empata 3X3 com a Holanda

Mais Lidas

Polícia
Homem enforca familiar após piada com derrota do São Paulo para o Flamengo
Polícia
Nem após cometer suicídio jovem escapa de assalto no Jardim Noroeste
Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca aprovados em dois processos
Geral
Homem fuma maconha, escala montanha e cai de altura de 12 metros; veja vídeo