Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Fim de Semana

Coronavírus rompe tradição de passeio ciclístico que faria 30 anos

Evento com sorteio de bicicletas é esperado todo ano, no Dia do Trabalhador

30 abril 2020 - 11h32Joilson Francelino e Gabriel Neves

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19), chegou com uma "chuva de cancelamentos" em todas as regiões do país. Escolas suspenderam suas aulas presenciais, comércios e instituições religiosas fecharam, eventos foram cancelados e população teve que se adaptar à nova realidade: "fique em casa".

Todas as medidas foram adotadas para que o vírus não se alastre e, assim, vidas sejam preservadas. A população se viu “trancada” por aproximadamente 15 dias até que as medidas começassem a serem afrouxadas.  A atividade econômica da capital foi retomada com uma série de recomendações, porém, a população campo-grandense ainda se vê órfã de entretenimento e seus tradicionais eventos.

Um deles seria realizado neste dia 1º de maio: o Passeio Ciclístico do Dia do Trabalhador. Para o idealizador do evento, o empresário Clemencio Ribeiro, 66 anos, é inviável a realização do tradicional passeio em meio à pandemia. “Nunca aconteceu na minha vida uma situação dessas. Nunca vi esse vírus. A gente fica preocupado. Não há condições de fazer um evento desses que é a maior festa que tem no dia 1º de maio. Já é tradição, mas atualmente não tem condições de fazer”, disse.

No meio da conversa com a nossa equipe de reportagem, foi inevitável que Ribeiro não lembrasse do início de tudo, desde quando chegou a Campo Grande apenas com a herança de seu pai, um terreno na Avenida das Bandeiras, e sua luta até construir seu patrimônio, a Ciclo Ribeiro, que está há 50 anos no mercado. Ele conta que o evento foi criado em 1990, quando conseguiu reunir 300 pessoas. Nascia aí o mais tradicional passeio ciclístico da cidade. No ano seguinte, 1991, Ribeiro conseguiu aumentar o público, foram 400 ciclistas.

Entre os anos de 1998 e 2000, Ribeiro começou a enxergar que o evento se tornaria obrigatório todos os anos por atrair um grande número de pessoas. O passeio ciclístico já conseguiu arrastar aproximadamente 18 mil para as ruas de Campo Grande. “Construí uma história, e o passeio ciclístico surgiu por um acaso. Eu sempre gostei andar de bicicleta, tinha um grupo que andava de bicicleta antigamente e era diferente. As pessoas que pedalavam antigamente eram pedreiros, serventes, as gurizadas. As pessoas usavam a bicicleta como meio de transporte. Hoje usam mais para a prática de exercícios físicos. Pedal hoje é saúde”, conta.

De 1990 para cá, Ribeiro conta que o passeio ciclístico só foi adiado uma vez, por causa de um temporal que caiu sobre a cidade, mas nunca cancelado. O empresário tem esperança de realizar o evento ainda este ano, se “as coisas melhorarem”. “Recebo mensagens todos os dias questionando sobre o passeio, muita gente quer que eu faça”, relatou. 

Embora o evento não seja realizado nesta sexta por questão de saúde pública, Ribeiro planeja realizar o evento no dia do aniversário de Campo Grande, 26 de agosto. “Se não tiver controlado até lá, fazemos em novembro”, disse sinalizando que não é de sua vontade ver o evento ser cancelado pela primeira vez em 30 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fim de Semana
Katy Perry e The Killers transmitem ao vivo nesta sexta-feira
Fim de Semana
Dia das Mães será movimentado por lives de Anitta, Roberto Carlo e Ivete
Fim de Semana
Marília Mendonça, Dennis Dj e Fernando e Sorocaba fazem lives neste sábado
Fim de Semana
Roberto Carlos fará live especial no Dia das Mães; Veja onde assistir
Fim de Semana
Feriado conta com lives do 'Cabaré' sertanejo, Jota Quest e Léo Santana
Fim de Semana
Parque dos Poderes voltará a ser interditado aos finais de semana
Fim de Semana
Ivete Sangalo inaugura programa de lives caseiras da Globo neste sábado
Fim de Semana
Dupla Luiz Adriano e Rafael, fará live no sábado em prol de músicos regionais
Fim de Semana
Loubet fará live nesta sexta para ajudar a AACC/MS
Fim de Semana
Em tempos de corona, o “sextou” será diferente na capital

Mais Lidas

Política
Ajuda: MS envia 4,3 mil medicamentos ao Amapá
Cidade
Veja os bairros onde o fumacê contra o Aedes Aegypti passará nesta tarde
Polícia
Foragido é esfaqueado no Aero Rancho e morre na santa Casa
Política
Weintraub terá que explicar ao Senado ataques ao STF