Menu
Busca quarta, 23 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
Geral

25 pontos eletrônicos serão instalados nas UPAs da Capital

A implantação começou nesta segunda-feira em três Unidades de saúde

16 abril 2018 - 17h12Da redação com assessoria

O ponto eletrônico começou nesta segunda-feira (16), a ser instalado nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande. O aparelho irá registrar, por meio da biometria do servidor, os horários de atendimentos dos profissionais do setor da saúde pública da Capital. Nos CRS (Centros Regionais de Saúde) também terão o ponto. 

Conforme a prefeitura de Campo Grande, a previsão é de que o sistema esteja funcionando integralmente em até 60 dias.

Para o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, a medida visa dar mais segurança e transparência no controle de frequência dos servidores e atende uma necessidade imposta pelos órgãos fiscalizadores há anos.

“Esperamos que a medida traga mais segurança e transparência aos serviços, de modo a melhorar o atendimento à população, que é o nosso maior objetivo”, disse o secretário.

Além das unidades 24 horas, pontos eletrônicos estão sendo instalados na sede administrativa da SESAU (Secretaria Municipal de Saúde) e até o próximo mês devem contemplar o Laboratório Central, Centro de Especialidades Médicas, Almoxarifado, Vigilância Sanitária, entre outros setores da pasta.

As três primeiras unidades a receberem os equipamentos foram: UPA Leblon, UPA Santa Mônica e UPA Vila Almeida. Até o fim do mês, o sistema deve ser instalado nas dez unidades da Rede de Urgência e Emergência. Cada unidade atende uma média de 350 a 400 pacientes por dia.

Ao todo, 25 pontos eletrônicos serão instalados nas unidades SESAU e o investimento é de aproximadamente R$145 mil. Após as instalações serão iniciados os processos de cadastramento digital dos servidores visando à preparação técnica dos equipamentos e alimentação do sistema. 

O novo sistema, todo digital, substitui o manual e gera inúmeras vantagens ao setor de recursos humanos e aos servidores. O ponto biométrico digital é a evolução do cartão ponto.

O sistema é moderno, atualizado e de segurança. Para a implantação, os servidores precisaram cadastrar as digitais junto com a numeração do PIS, de modo que o aparelho possa fazer o reconhecimento de cada um deles.

O secretário destaca ainda que além de agilizar os processos administrativos, o ponto eletrônico trará benefícios para gestão em vários aspectos.

“O sistema deve permitir ao setor de gestão de pessoas o benefício de possuir ferramentas que agilizem os processos da folha de pagamento, controle de horas trabalhadas, horas extras, entre outro” explica.

A SESAU conta em seu quadro de pessoal com aproximadamente 6,8 mil servidores e a medida deve atingir inicialmente 30% deste quantitativo e posteriormente, com a instalação de outros parelhos, irá abranger a totalidade.
 

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aos 67 anos, Amado Batista namora jovem de 19 anos
Geral
PMA rebate acusações de denúncia anônima sobre pesca predatória
Geral
Estado repassa mais de R$ 300 mil para Santa Casa de Corumbá
Geral
Homem mata cachorro a pauladas e se desculpa nas redes sociais
Geral
Após denúncia, PMA encontra cavalo ferido e maltratado
Geral
Obras no Anhanduí interditam ponte na região do Taquarussu
Geral
Novo presidente do Consórcio Brasil Central será escolhido nesta quinta
Geral
IMPCG concede reajuste a aposentados e pensionistas
Geral
Moradores fazem mobilização contra o aumento excessivo na energia, em Ponta Porã
Geral
OAB/MS - Mansour e sua equipe tomam posse nesta quinta

Mais Lidas

Polícia
Sem ‘lucro’, homem mantinha garotas de programa em cárcere
Polícia
Brasileiro morre em acidente no Paraguai
Oportunidade
Funtrab abre seleção com salários de até R$ 5,9 mil
Polícia
Homem cai de pá-carregadeira e morre esmagado