Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Geral

Agetran interdita diferentes trechos da Afonso Pena para obras no fim de semana

25 novembro 2011 - 06h18Edemir Rodrigues

Em função das obras de recapeamento que o governo do Estado realiza na Avenida Afonso Pena, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) pede atenção dos motoristas aos pontos de interdição. É importante buscar caminhos alternativos para evitar congestionamentos.

Confira a programação dos serviços no fim de semana:

Sábado (26): O trecho interditado vai do viaduto sobre a Avenida Ceará até a Rua São Jorge, no sentido Shopping Campo Grande – Centro. A opção de desvio para quem desce a Afonso Pena são as Ruas Arquiteto Rubens Gil de Camillo e Ricardo Brandão. Na região oposta da avenida, o condutor pode pegar as ruas da Paz, Euclides da Cunha e Avenida Mato Grosso.

Domingo (27): As obras acontecem na extensão entre o viaduto da Av. Ceará até o condomínio Jardim dos Jatobás, sentido Centro – Shopping Campo Grande. Esse trecho vai estar interditado, e o condutor deve pegar como alternativa a Avenida Ricardo Brandão, Rua da Paz ou Avenida Mato Grosso.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo: R$ 5 para impressão de boletos revolta clientes da OI
Geral
AO VIVO – Direitos do consumidor em tempos de pandemia
Geral
Ultrapassagem teria causado colisão de três carretas
Geral
Grupo de brasileiros vindos da Bolívia é repatriado na fronteira
Geral
Suruba de 25 pessoas em hotel é interrompida pela polícia
Geral
Acidente entre carretas deixa mortos na MS-306
Geral
Junho registra mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego
Geral
Saiba quem pode sacar o auxílio emergencial hoje
Geral
Bebê ganha tratamento domiciliar, mas equipamentos não chegam
Geral
CCZ retoma dia 20 agendamento online para castração de gatos

Mais Lidas

Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
Polícia
Ministro do STJ concede prisão domiciliar a Queiroz e esposa Márcia
Política
Câmara aprova adicional de 40% a trabalhadores do combate ao coronavírus
Polícia
Professor é preso por suspeita de estuprar alunas e induzir aborto