Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99647-9098
Sesi - Geração de Empregos 02
Geral

Antônia Cylis precisa de doações de sangue na luta contra leucemia

Para doar sangue é preciso comparecer ao Hemosul com um documento oficial com foto

23 outubro 2020 - 10h54Sarah Chaves

Descobrir uma leucemia não é fácil, ainda mais para quem foi ao hospital achando que estava apenas com uma dor nas costas inconveniente, como foi o caso da dona Antônia Cylis Sãochine, de 68 anos.

Ao JD1 Notícias, o filho da viúva, Anderson Cylis, falou que a mãe está internada na Santa Casa há 30 dias, e precisa muito de uma medula óssea além de doações de sangue, pois em seu tratamento, Antônia usa duas bolsas de sangue por dia. “O transplante de medula óssea vai ser a cura dela. Ela faz transfusão de sangue diária até conseguir a medula. Eu e meu irmão fizemos os exames, mas não chegou o resultado para saber se somos 100% compatíveis “, relatou Anderson.

O organismo de dona Antônia rejeitou a quimioterapia e o tratamento da leucemia mieloide já está no estágio 2, de forma que avançou rapidamente desde a descoberta da família. “Ela foi para o hospital achando que estava com dor nas costas só, ninguém sabia que ela tinha leucemia, ficamos surpresos, pensávamos que era só um problema na coluna ou um nervo ciático”, Anderson conta que o exame de sangue revelou a doença quando detectou que a idosa estava com 37,240 mil leucócitos e depois que ela internou aumentou um pouco mais.

O nível normal de leucócitos (glóbulos brancos) no sangue tem referência de 4 a 10 mil, sendo que Antônia tinha quase o quádruplo disso quando chegou ao hospital.

Anderson ressalta que a mãe precisa de doações de sangue de qualquer tipagem, pois no último final de semana até terça-feira (20), ela passou sem realizar o tratamento que precisa por falta de sangue no banco do Hemosul.

Doação

Para doar sangue é preciso ter em mãos um documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista. Os doadores precisam ter entre 16 e 69 anos. O menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal. Também é importante lembrar que a primeira doação somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue.

Para doar os voluntários devem procurar uma unidade de coleta, na Capital ou agendar pelo telefone (67) 3312-1516, para quem preferir se programar. O Hemosul Coordenador fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304, . O atendimento de segunda à sexta-feira é das 7h às 17h, e aos sábados de 7h às 12h. A cada 1° sábado do mês o atendimento é das 7h às 17h.

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Homem comete suicídio no Guanandi
Geral
Reinaldo pede inclusão de rodovia Sul-fronteira no Orçamento da União
Geral
Detran-MS abre três leilões com mais de 700 motocicletas em dezembro
Geral
Após aumento na conta, Energisa dá dicas para economizar
Geral
Chargista será velado e sepultado nesta terça, na capital
Geral
Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade
Geral
Trechos da BR-163 são interditados para obras; confira
Geral
Ex-presidente do Sindifiscal morre em SP
Geral
Vereador eleito apresenta amada e decepciona mulheres: "Solteiro só na campanha"
Geral
Final feliz! Família encontra Kemilly, que desapareceu na capital

Mais Lidas

Esportes
Participarão 17 atletas de MS no 15º Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa
Geral
Homem comete suicídio no Guanandi
Polícia
Menina é perseguida pelo “tarado da Strada” na região da Ernesto Geisel
Polícia
Dono de chácara deixa porcos sem água e comida e leva multa da PMA