Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Geral

Associação repudia agressão em delegacia

AMDEFMS pede a punição do tenente que espancou mulher

24 novembro 2020 - 10h40Joilson Francelino

A Associação de Mulheres com Deficiência de Mato Grosso do Sul (AMDEFMS) emitiu nota de repúdio contra o caso de agressão a uma mulher de 44 anos, em delegacia de Bonito, ocorrida em setembro. O vídeo veio a público nesta semana e mostra a vítima, algemada, sendo espancada por um tenente da Polícia Militar.

Na nota, a presidente da associação, Mirella Baratolle, ressalta que “um agente público que deveria zelar pela segurança das pessoas teve atitude de extrema violência”. Afirma ainda que nada justifica a agressão e pede a punição do policial, conforme manda a lei. Leia a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

A AMDEFMS (Associação de Mulheres com Deficiência de MS), organização da sociedade civil, tomou conhecimento por meio da divulgação de um vídeo, no dia 22 de novembro, quando a mãe de uma menina com autismo, mesmo algemada, foi violentamente espancada pelo 2º Tenente e Comandante da Polícia Militar. O fato ocorreu no dia 26 de setembro de 2020, na cidade de Bonito- MS, conforme reportagens.

Diante disso, vimos a PÚBLICO REPUDIAR e manifestar a nossa INDIGNAÇÃO com o caso. Um agente PÚBLICO, cujo provimentos são provenientes dos cofres PÚBLICOS e que deveria ZELAR pela SEGURANÇA das pessoas, teve atitude de EXTREMA VIOLÊNCIA. A VÍTIMA estava ALGEMADA!

A AMDEFMS expressa SOLIDARIEDADE à vítima e sua família e REAFIRMA a DEFESA do DIREITO dos (as) cuidadores (as) das pessoas com deficiência, que em sua maioria, são mulheres, pessoas submetidas cotidianamente a alto grau de estresse e que necessitam atenção especial da SOCIEDADE e ÓRGÃOS PÚBLICOS.  Mulheres que têm direito aos cuidados, a serem respeitadas e terem prioridade de atendimento, em qualquer ambiente.

 Nada justifica a agressão. Reafirmamos a necessidade de que o agressor seja punido de acordo com a lei, e que a situação não seja banalizada como mais uma para dados estatísticos. A AMDEFMS defende também a urgência da capacitação dos agentes de segurança, para que sejam melhor preparados e, também, empresários e trabalhadores (as) da rede de turismo para que sejam qualificados profissionalmente - psicologicamente - para contornarem conflitos e respeitarem as prioridades, conforme preconiza a Constituição Federal. E esperamos que a mãe e a filha tenham acompanhamento adequado por parte de equipe de profissionais multidisciplinares da Prefeitura Municipal de Bonito.
A AMDEFMS realiza atendimento, a defesa e a garantia de direitos sociais para mulheres com deficiência e familiares.

Promove o protagonismo das mulheres com deficiência, bem como, das meninas adolescentes, jovens com deficiência e suas mães, idosas com deficiência. A AMDEFMS busca o FIM DAS DESIGUALDADES SOCIAIS e realiza ações voltadas ao combate da discriminação as mulheres em situações de violência.

Campo Grande, 24 de novembro de 2020.
  
Mirella Ballatore
Presidente da AMDEFMS

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
200 veículos estarão disponíveis em leilão do Detran
Geral
Vídeo: caminhão tomba, pega fogo e bombeiro é atropelado
Geral
AO VIVO: Paulo Corrêa assume o governo
Geral
CPI que investiga irregularidades da Energisa deve retornar em fevereiro
Geral
UFMS tem 850 vagas de pós-graduação para 2021
Geral
Morre Vecilde Teixeira, cinco dias após o marido
Geral
"Não dá mais desisto", publicou Levi dias antes de ser encontrado morto
Geral
IPVA: Última semana com 15% de desconto à vista
Geral
Covid mata ex-presidente do Iagro, Luciano Chiochetta
Geral
OAB/MS faz primeira entrega de carteiras de 2021

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio