Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Geral

Autor da morte de Paulinho disse que não viu e atirou de costas

01 dezembro 2010 - 15h18
A reconstituição do assassinato do jovem “Paulinho” o Paulo Henrique Rodrigues, 17 anos aconteceu na manhã desta quarta-feira (1), nos cruzamentos das ruas Itaoca com a Acaia, jardim Tarumã, em frente à mercearia da família da vítima onde ocorreu o assalto. Diferentemente do que alegam os familiares e o leiteiro Wagner de Souza, 31, testemunhas do crime, Marcelo de Souza Ribeiro, o “Cicatriz” autor do disparo que atingiu o peito esquerdo da vítima relatou à perícia que efetuou o disparo de costas e correndo com a arma sobre o ombro. Já o leiteiro que estava no momento do assalto e que também teve dinheiro levado, diz que “Cicatriz” efetuou o disparo de frente. “Ele olhou e atirou no Paulinho”, disse. O adolescente trabalhava na bicicletaria de seu padrasto em frente à mercearia Vidal. A posição do disparo segundo o autor fica a treze metros a frente de onde a família afirma que “Cicatriz”, deu o tiro com uma pistola calibre 45. Marcelo de Souza conta que não mirou e nem avistou a vítima. Após o assalto e o disparo, “Cicatriz” correu em direção ao comparsa Alessandro da Anunciação, 27, o “Testa” que o esperava a uma quadra, na rua Abaete. A reconstituição que deveria ter sido no último dia 9 de novembro foi adiada para hoje, por causa de falta de policiamento no dia. “Estou mais revoltada ainda, assaltaram a mercearia na semana retrasada, hoje a minha família está exposta”, disse Maria Aparecida dos Santos, mãe de “Paulinho”. Os acusados contaram suas versões separadamente durante a reconstituição. Durante as vaias de populares, “Testa” desceu sorrindo da viatura. De acordo com amigos e familiares, dentro do camburão da PM Alessandro da Anunciação fazia ameaças por gestos dizendo “quando eu tiver aqui fora vou te pegar”. Ele também chegou a bater propositalmente contra a máquina fotográfica de um dos peritos. O resultado da reconstituição tem prazo de 10 dias para sair o resultado, que pode ser adiado. Crime No dia 17 de fevereiro, o adolescente Paulo Henrique Rodrigues, trabalhava na bicicletaria de seu padrasto em frente à mercearia Vidal, quando foi atingido por um tiro, disparado por Marcelo de Souza Ribeiro, o “Cicatriz”, que havia assaltado o comércio. Durante a fuga, o assaltante disparou com uma pistola calibre 45 acertando o coração do jovem, que foi levado ao posto de saúde do Coophavilla II, porém não resistiu. O outro envolvido no crime, Alessandro da Anunciação, 27, o “Testa”, esperava pelo comparsa numa motocicleta. De acordo com a polícia, ele é o dono da arma. Os dois levaram em torno de R$ 600 no assalto. Em seguida, a dupla foi presa. Passagens dos acusados Alessandro da Anunciação, o “Testa”, é evadido do sistema penitenciário, possui passagens por roubo, homicídio, receptação e estelionato. Já Marcelo de Souza o “Cicatriz”, já foi preso por receptação, porte ilegal de arma e roubo. Os dois foram presos no dia 18 de fevereiro. “Testa” que morava no bairro das Perdizes foi preso com a pistola, calibre 45, utilizada no assassinato do adolescente que estava enterrada no quintal da casa. Após isso, os policiais foram em busca do segundo autor e, no bairro Moreninhas, encontraram Marcelo de Souza Ribeiro, de 19 anos, mais conhecido como “Cicatriz, autor do disparo que vitimou o adolescente. Os dois foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio. Fonte: Midia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
''Havia muito mais gente'', diz jornalista sobre carnaval de Corumbá
Geral
Aluno do Vale Universidade pode cumprir estágio aos finais de semana
Geral
Vídeo - "Senhor só fala merda", diz indígena a gestor da Funai
Geral
Terça começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto da capital
Geral
Morte de Lanzarini causa comoção no mundo político
Geral
Mulheres do MS passam média nacional e ocupam 38% dos negócios
Geral
Falece o ex-prefeito Dirceu Lanzarini
Geral
Finalizada: Procon-MS divulga pesquisa de preços de combustíveis
Geral
Lanzarini será transferido para Campo Grande
Geral
Na mesa de operação, ex-prefeito Dirceu Lanzarini luta pela vida

Mais Lidas

Educação
Resultado da inscrição para Fies e P-Fies sai nesta quarta
Internacional
Coronavírus: Brasil vai receber 2 mil voos de países com casos
Cidade
Vídeo mostra briga que pode ter sido durante Carnaval na capital
Geral
''Havia muito mais gente'', diz jornalista sobre carnaval de Corumbá