Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Aguas setembro-19
Geral

"Bancos devem cumprir Lei dos 15 Minutos", diz Salomão

Recentemente, 21 agências foram autuadas pelo Procon-MS

14 maio 2019 - 14h50Matheus Henrique

O Procon-MS autuou, novamente, agências bancárias por não cumprimento da “Lei dos 15 minutos”. Recentementente, 21 abancos foram fiscalizados e todos foram autuados, entre eles o Banco do Brasil (UFMS); Caixa Econômica Federal, Ypê Center, Santa Fé, Rodoviária e 13 de Maio; Bradesco, Cachoeirinha e Prefeitura Municipal e o Santander, Assembleia Legislativa. A ação é feita em todo Mato Grosso do Sul.

O JD1 Noticias conversou com o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão. Segundo ele, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), principal entidade representativa dos bancos brasileiros, esteve em Campo Grande há pouco tempo e foi questionada sobre essas situações. “Estamos ansiosos esperando pela resposta da Febraban. A gente não consegue aceitar que empresas desse segmento, que faturam bilhões no ano, não consegue respeitar, sequer, uma prática simples e humilde, que é atender o consumidor em tempo legal: 15 minutos nos dias normais, 20 minutos no dia de pagamentos e 25 minutos em véspera de feriados”.

Segundo Marcelo, a fiscalização tem encontrado atendimentos em torno de uma a duas horas. “O Procon vai continuar fiscalizando. Nos temos outras ações direcionadas para bancos, a gente entende que isso é um direito do consumidor que foi conquistado por lei, portanto, deve haver o respeito por parte do fornecedor”, e afirma, “não estamos pedindo favor ao banco, estamos pedindo o cumprimento da lei”.

Marcelo destaca que os consumidores são prejudicados com essa demora, e os bancos deveriam implantar mecanismos para atender o público no prazo legal. Segundo ele, os idosos, por exemplo, não tem a mesma facilidade de resolver questões bancárias por aplicativos de celulares e precisam deslocar-se a alguma agência e, por muitas vezes, não conseguem ser atendidos no prazo legal.

A justificativa de muitos bancos são a alta demanda de pessoas em dias de pagamento. “Nesse período, contrate novas pessoas, tenho certeza que problema não é dinheiro, é a boa vontade”, conclui Marcelo Salomão. Além do respeito no limite do tempo, os bancos precisam ter fila especial para idosos e banheiro adequado à acessibilidade.

Denuncias de consumidores podem ser feitas pelo site do Procon na aba “Fale Conosco”, de forma presencial na rua 13 de Junho, 930, pelas redes sociais (Instagram e Facebook), pelo número 151 ou pelo WhatsApp no número 67 98469-1001.

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Homem é levado ao pronto socorro após levar coice de cavalo
Geral
Guanandizão sediará Liga das Nações de Vôlei
Geral
Estado terá apoio federal no combate às queimadas
Geral
Quer ir ao show do Henrique e Juliano na faixa? Saiba como
Geral
Vídeo mostra mulher “voando” depois de ser chifrada por touro
Geral
Caiman tem apoio do Estado para combater queimadas
Geral
Vídeo - Cliente se revolta com valor pago no “espetinho da Valley” e tenta agredir vendedor
Geral
MS terá 47 milhões de dólares para aprimorar gestão
Geral
Agehab notifica beneficiários para regularizar inadimplência em 10 dias
Geral
Prefeitura termina asfalto no Anache e avança obras no Nova Lima

Mais Lidas

Cidade
Vítima é socorrida em estado grave após tentativa de homicídio
Geral
Vídeo - Cliente se revolta com valor pago no “espetinho da Valley” e tenta agredir vendedor
Geral
Fogo em fazenda em Bodoquena quase atinge área urbana
Polícia
Família busca por adolescente que está desaparecida