Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Geral

Base da guarda municipal será instalada na UFMS

Os policiais municipais farão constantemente a segurança dos alunos e da região

12 dezembro 2018 - 12h25Da redação com assessoria

Foi assinado, na terça-feira (11), o termo de compromisso entre a prefeitura de Campo Grande e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A instalação da Base de Atendimento da Guarda Municipal, na Cidade Universitária, para dar mais segurança aos frequentadores do campus, e ao entorno da instituição foi tratada. O prefeito Marquinhos Trad, o vereador Junior Longo e o secretário Valério Azambuja visitaram o local onde conversaram com o reitor Marcelo Turine.

Como contrapartida, a UFMS transferiu algumas armas que faziam parte do patrimônio da Instituição, num total de R$80 mil em armamento, além de assegurar a oferta de cursos de idiomas em inglês e espanhol e pós-graduação em segurança pública aos policiais civis municipais. De inicio estão sendo ofertadas 200 vagas.

Para o prefeito Marquinhos Trad, a medida é necessária para garantir a segurança de todos. “Necessário, a gente está disponibilizando 12 homens armados, fardados, preparados, capacitados e qualificados, para durante as 24 horas exerceram a proteção dos quase 15 mil alunos que circulam pela UFMS”, afirmou Marquinhos.

O reitor da UFMS Marcelo Turine disse ser uma alegria acolher a equipe da PMCG, pois o maior patrimônio que a universidade tem é a educação, a consciência, a ética, o respeito. “Aqui nós temos entre professores e alunos cerca de 15 mil homens e mulheres circulando a cidade universitária. Faz um ano e meio maios ou menos que iniciamos essa conversa. O foco era formação, capacitação dos nossos guardas municipais, policia civil, militar, bombeiros e etc. e dentre essas discussões vislumbrou que no entorno aqui da cidade universitária havia muitas pessoas precisando da segurança, uma atenção especial e foi ai que oferecemos a parceria, para que a PMCG pudesse vir para cá e nos ajudar a monitorar esse ambiente e ao mesmo tempo a gente pudesse colaborar”, disse.

Com a parceria, a UFMS vai instalar um núcleo de apoio (guarita) na entrada visando a segurança dos usuários da universidade, bem como a parte preventiva no entorno da UFMS. O que dará mais agilidade ao atendimento.

O secretário Especial de Segurança e Defesa Social Valério Azambuja explicou que a parceria vai melhorar o atendimento para aproximadamente 50 mil moradores que serão atendidos pelo posto. “Além da clientela que freqüenta o campus, que são cerca de 12 a 15 mil alunos, temos toda a população ao redor. E ainda teremos nossos guardar mais capacitados a partir de 2019, com os vários cursos na área da gestão de segurança pública, língua inglês e espanhol que serão fornecido pela UFMS. Para o primeiro semestre já está aprovada a primeira turma”, afirmou.

Já o vereador Junior Longo, que encaminhou a demanda à RFMS e a PMCG, fez questão de salientar que quando trouxe a demanda ambas as instituições atenderam prontamente o pedido.

 

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Comissão de Direitos Humanos debate migração no contexto da pandemia
Geral
Com duas vaginas, influencer do OnlyFans dá à luz a bebê saudável
Geral
Depois de quatro anos paralisada, UTE William Arjona é reinaugurada em Campo Grande
Geral
Com Covid, Arlindo Namour morre no Proncor
Geral
Vídeo: 'Rapidinha' na cozinha da errado e casal é flagrado só no love
Geral
Vídeo: Ator da Globo é flagrado agredindo namorada
Geral
Prefeitura oferece design de sobrancelhas e esmaltação a usuárias do SUS
Geral
Morre o advogado Gelson Marquês Batista
Geral
Casa de Passagem está aberta para doações e acolhimentos no frio
Geral
Na FIEMS, ministro é cobrado por mais "segurança jurídica"

Mais Lidas

Geral
Vídeo: 'Rapidinha' na cozinha da errado e casal é flagrado só no love
Geral
Com Covid, Arlindo Namour morre no Proncor
Internacional
Vídeo: jovem tenta gravar dança em guindaste, mas despenca e morre
Polícia
Investigação concluí que enfermeiro do HR estuprou paciente em fevereiro