Menu
Busca terça, 30 de novembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS nov21
Geral

Bolsonaro propaga Fake News sobre a vacina e tem live removida do Facebook

Presidente relacionou a vacina com a Aids que é causada pelo HIV

25 outubro 2021 - 11h50Sarah Chaves com informações do G1 e Folha de São Paulo

Após divulgar informações falsa em uma live no Facebook, a plataforma  tirou do ar o vídeo de Jair Bolsonaro (sem partido) em que ele relacionava a vacinção contra a Covid com o desenvolvimento de casos de Aids.

O vídeo não está mais disponível nas contas do presidente no Facebook e também no Instagram, que pertence ao mesmo grupo.

A informação foi antecipada pelo jornal "Folha de S.Paulo". “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas”, disse um porta-voz do Facebook.

A live foi ao ar na quinta-feira (21). Nela, Bolsonaro mencionou uma notícia falsa que diz que relatórios oficiais do Reino Unido teriam sugerido que as pessoas totalmente vacinadas estariam desenvolvendo a Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS) "muito mais rápido do que o previsto".

"Só vou dar notícia, não vou comentar. Já falei sobre isso no passado, apanhei muito... Vamos lá: relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados... Quem são os totalmente vacinados? Aqueles que depois da segunda dose né... 15 dias depois, 15 dias após a segunda dose, totalmente vacinados... Estão desenvolvendo Síndrome da Imunodeficiência Adquirida muito mais rápido do que o previsto. Portanto, leiam a matéria, não vou ler aqui porque posso ter problema com a minha live", afirmou Bolsonaro durante a transmissão.

Reino Unido confirma Fake News

Procurado pelo g1, o Departamento de Saúde e Assistência Social do Reino Unido afirma que a publicação é de um site que propaga "fake news" e teorias da conspiração e diz que a história não é verdadeira.

A notícia falsa mencionada por Bolsonaro foi colocada no site conspiracionista beforeitnews.com, que publica textos dizendo que as vacinas rastreiam os vacinados e que milhões de pessoas morreram com as vacinas.

Zahraa Vindhani, oficial de comunicações da Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido, afirmou ainda que "as vacinas contra a Covid-19 não causam Aids" e que a "A Aids é causada pelo HIV."

Banimento das redes

As falas do presidente Jair Bolsonaro sobre a vacina serão incluídas na CPI da Covid, declarou o vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), à GloboNews na manhã desta segunda-feira (25).

"Vamos oficiar ao ministro Alexandre de Moraes a ocorrência reiterada de crime do presidente da República disseminando fake news sobretudo em relação à vacina", disse.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Pescadores retiram mais de uma tonelada de resíduos do rio Brilhante
Geral
Lei Marília Mendonça, para sinalização de linhas de energia, pode ser votada nesta terça
Geral
Procon alerta população de MS sobre novo golpe
Geral
Capital não terá réveillon
Geral
Inédito: Prefeitura promove Marcha de Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher
Geral
Governo paga servidores dia 1° de dezembro
Geral
Vizinhos lamentam morte de motociclista que foi assassinado na Mata do Jacinto
Geral
Confeitarias, sorveterias e buffets poderão ter veículo isento de IPVA
Geral
Estudante é picado por escorpião durante prova do Enem
Geral
Pesquisa testará tratamento para câncer de pênis em voluntários

Mais Lidas

Polícia
Concentração rubro negra em casa de show termina com confusão e tiros na capital
Polícia
Rapaz é esfaqueado e fica com vísceras expostas
Geral
Estudante é picado por escorpião durante prova do Enem
Política
Doria diz é "possível" uma aliança com Moro em 2022