Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Geral

Cachorro morre após viagem de avião e dona culpa companhia aérea

Tutora afirmou, em redes sociais, que o cão ficou mais de 2 horas depois de aterrissagem

21 setembro 2021 - 15h30Gabrielly Gonzalez, com G1

A estudante Gabriela Duque Rasseli, de 24 anos, cobrou a companhia aérea Latam por possíveis maus-tratos contra seu cachorro de estimação, durante um voo entre São Paulo e Rio de Janeiro, na última terça-feira (14). Segundo ela, o animal morreu depois de passar algumas horas aos cuidados da empresa.

Em uma publicação nas redes sociais, Gabriela disse que o cachorro teria ficado no calor e foi entregue para ela "quase morto".

"Infelizmente estou aqui hoje para falar de uma coisa horrível. A Latam Airlines assassinou meu cachorro. Eu não tive oportunidade de conhecê-lo. Na primeira foto é como ele chegou para mim, quase morto, na segunda foto era ele antes de embarcar no voo LA 3842 dia 14/09. Meu cachorro chegou no aeroporto do Galeão às 13h53 e só me entregaram ele às 15h30. Deixaram meu cachorro no calor, quando ele chegou pra mim ele já estava quase morto!!!!! Eu e minha família estamos devastados. Não tem nada que alivie nossos corações. A gente só quer justiça!!!!! Latam precisa ser responsabilizada! SP x Rio de Janeiro. O meu cachorro não resistiu e faleceu!!!", relatou Gabriela.


Cãozinho foi entregue à tutora já desfalecido 

Em outra postagem no Instagram, a jovem informou que a empresa só entrou em contato com ela depois de ser cobrada nas redes sociais. No post feito por Gabriela, há três dias, mais de 534 mil pessoas interagiram com a publicação. Ao todo, mais de 54 mil internautas deixaram comentários, a maioria reclamando da postura da empresa.

As informações são de O Globo e G1.

Latam –

Em nota, a Latam informou que segue todos os procedimentos de aceitação e transporte de animais e prometeu oferecer a assistência necessária. Confira a nota na íntegra:

"Nós da LATAM nos sensibilizamos muito com o que aconteceu e estamos em contato com a cliente Gabriela desde o desembargue do animal. A companhia reitera que a segurança é um valor inegociável, reforçando que se solidariza com a tristeza vivida pela cliente e que fará tudo que está ao seu alcance para oferecer a assistência necessária neste momento.

A empresa esclarece ainda que seguiu todos os procedimentos de aceitação e transporte do pet, que atendem rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais".

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Morre Odilson Arruda Soares, ex-prefeito de Bonito
Geral
Ninguém acerta a Mega-Sena e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões
Geral
Capital teve poucos estragos, mas interior registrou danos
Geral
Barco que naufragou no Rio Paraguai não tinha autorização para transporte turístico
Geral
Corpo de Bombeiros divulga balanço das operações do mês de setembro
Geral
Durante uso drogas, casal vai parar dentro de córrego no Nova Jerusalém
Geral
Mega-Sena deve pagar neste sábado R$ 26,5 milhões
Geral
Vídeo - Energisa terá até helicóptero para possível vendaval
Geral
Vídeo - "Seremos eficientes", garante Marquinhos sobre vendaval
Geral
Ministro do TSE fala sobre confiabilidade de urnas eletrônicas ao JD1 Notícias

Mais Lidas

Vídeos
Tempestade atinge Bodoquena agora
Vídeos
Granizo em Dois Irmãos
Vídeos
Tempestade com granizo atinge Campo Grande agora
Vídeos
Vídeo: Fogo na fiação elétrica deixa funcionário da Energisa preso em uma 'chuva' de faísca