Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Câmara deve propor emenda ao projeto de revitalização para ‘salvar’ comerciantes

14 julho 2010 - 10h34

Comerciantes da região central de Campo Grande, receosos com o Plano de Revitalização do centro da cidade, proposto ontem pelo prefeito Nelsinho Trad (PMDB), querem modificações no projeto por temer um incalculável prejuízo financeiro.

Eles acham que a ideia que cria um novo conceito de publicidade na parte central da cidade, deve ser mais debatida e saber o motivo da pressa na aprovação do plano, prevista ainda para esta semana.

Até então, os comerciantes acreditavam que a proposta da prefeitura surgiria primeiro por meio de um plano piloto, imposto na rua 14 de Julho, mas agora souberam que o projeto pode ser aceito pela Câmara “sem discussão e sob pressão”.

O Plano de Revitalização tem como missão por fim a poluição visual e foi preparado por uma arquiteta que atuou num projeto posto em prática em São Paulo, tida como uma das capitais com o maior índice de poluição visual do mundo.

Pela proposta da prefeitura, é dever do comerciante em bancar a reforma das fachadas de suas empresas. Esse investimento deve ser aplicado até julho do ano que vem.

No caso, é o dono da loja, por exemplo, é quem vai tirar o dinheiro do bolso para construir o projeto proposto pela prefeitura.

Com o Plano de Revitalização executado com recursos dos comerciantes, a que a prefeitura conquista um credenciamento para receber uma ajuda federal, algo perto de meio bilhão de reais. Uma das indagações dos comerciantes: e se a verba federal não vier?

Seguindo esse raciocínio, é que os comerciantes pedem a inclusão de uma emenda no projeto. Ontem, terça-feira, vereadores e representantes do comércio se reuniram na Câmara para debater o assunto.

O manifesto dos empresários ganhou o apoio dos vereadores Alcides Bernal, Graziela Machado, Paulo Pedra, Thais Helena, Marcelo Bluma e Airton Saraiva. A audiência foi acompanhada por representantes da Associação Comercial, Federação do Comércio e Câmara dos Diretores Lojistas.

A proposta deve ser debatidamente de novo hoje na sessão da Câmara.

 

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
União Europeia proibe uso de canudos e outros plásticos até 2021
Geral
Juízas debatem desafios na carreira em MS
Geral
Inscrição para concorrer a moradia da Agehab encerra nesta terça-feira
Geral
Aprovados no concurso da Caixa em 2014 serão chamados a partir de junho
Geral
Compadre Washigton está internado após assalto
Geral
Onze pessoas morrem e uma fica ferida em chacina
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163
Geral
Ativistas pelos direitos humanos e LGBT são homenageados na capital
Geral
Após investigação, diretor de presídio é dispensado em Dourados
Geral
Reservatório no Distrito Federal chega a 100% de capacidade

Mais Lidas

Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163