Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Geral

Carrefour é autuado por vender produtos vencidos

No supermercado havia também mercadorias impróprias para cosumo

14 dezembro 2018 - 10h15Da Redação com Assessoria

Um dos supermercados mais tradicionais da capital, o Carrefour, foi autuado pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). Após denúncias realizadas, o Procon realizou uma ação de fiscalização e constatou diversas irregularidades que ferem o Código de Defesa do Consumidor. 

A equipe encontrou no supermercado produtos com prazo de validade vencido, mercadorias impróprias para consumo por estarem com embalagens violadas ou amassadas, e divergência de preços divulgados nas gôndolas e registrados nos caixas.

Dos produtos com data de validade vencida foram 40 pacotes de feijão carioquinha, com um quilo cada, um pacote de arroz especial e dois sachês de  molho de tomate. Além destes foram encontrados também 25 embalagens de macarrão instantâneo com prazo expirado em 6 de novembro passado.

Impróprios para consumo estavam expostos milho em conserva, massa de tomate e macarrão instantâneo. Foram encontrados também produtos sem qualquer especificação de procedência, prazo de validade ou ingredientes que o compõem. Registrado ainda, 48 produtos com divergência  de preços entre a gôndola  e os caixas. Todo o material irregular foi descartado em presença de representantes do supermercado, que foi autuado.

O superintendente do Procon alerta o consumidor para não se descuidar de detalhes importantes na hora de adquirir produtos para consumo. “É muito importante ficar atento a prazos, especificações e preços, principalmente nesta época em que há aumento do movimento nos estabelecimentos comerciais”, observa.

A equipe do JD1.Notícias entrou em contato com assessoria da empresa que, por meio de nota declarou: "A rede informa que o fato é pontual e isolado e não condiz com as práticas da empresa". Esclarece que prontamente reforçou os procedimentos internos e orientações às suas equipes, em linha com o que determina a legislação, o Código de Defesa do Consumidor e a sua política de Segurança Alimentar. Reitera, ainda, seu compromisso com a qualidade dos produtos que oferece aos seus clientes.

APP JD1_android

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Ministério Público pede multa de R$ 300 mil ao Consórcio Guaicurus
Geral
Prefeitura fará distribuição de cestas básicas para famílias afetadas pela pandemia
Geral
Em live, especialistas discutem cenário do mercado imobiliário em MS
Geral
Feriado de Tiradentes: Confira o que abre e fecha em Campo Grande
Geral
Governo entrega 376 computadores para escolas estaduais
Geral
Prefeitura suspende concurso da Guarda Civil
Geral
Câmara de Dourados aprova lei que multa em R$ 194 quem não usar máscara
Geral
"Sorriso fácil e alto astral": a marca deixada pelo subtenente Lobo
Geral
Governadores negociam 28 milhões de doses da Sputnik V
Geral
Governo publica novas idades para recebimento de pensão por morte

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio