Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Carrefour é autuado por vender produtos vencidos

No supermercado havia também mercadorias impróprias para cosumo

14 dezembro 2018 - 10h15Da Redação com Assessoria

Um dos supermercados mais tradicionais da capital, o Carrefour, foi autuado pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). Após denúncias realizadas, o Procon realizou uma ação de fiscalização e constatou diversas irregularidades que ferem o Código de Defesa do Consumidor. 

A equipe encontrou no supermercado produtos com prazo de validade vencido, mercadorias impróprias para consumo por estarem com embalagens violadas ou amassadas, e divergência de preços divulgados nas gôndolas e registrados nos caixas.

Dos produtos com data de validade vencida foram 40 pacotes de feijão carioquinha, com um quilo cada, um pacote de arroz especial e dois sachês de  molho de tomate. Além destes foram encontrados também 25 embalagens de macarrão instantâneo com prazo expirado em 6 de novembro passado.

Impróprios para consumo estavam expostos milho em conserva, massa de tomate e macarrão instantâneo. Foram encontrados também produtos sem qualquer especificação de procedência, prazo de validade ou ingredientes que o compõem. Registrado ainda, 48 produtos com divergência  de preços entre a gôndola  e os caixas. Todo o material irregular foi descartado em presença de representantes do supermercado, que foi autuado.

O superintendente do Procon alerta o consumidor para não se descuidar de detalhes importantes na hora de adquirir produtos para consumo. “É muito importante ficar atento a prazos, especificações e preços, principalmente nesta época em que há aumento do movimento nos estabelecimentos comerciais”, observa.

A equipe do JD1.Notícias entrou em contato com assessoria da empresa que, por meio de nota declarou: "A rede informa que o fato é pontual e isolado e não condiz com as práticas da empresa". Esclarece que prontamente reforçou os procedimentos internos e orientações às suas equipes, em linha com o que determina a legislação, o Código de Defesa do Consumidor e a sua política de Segurança Alimentar. Reitera, ainda, seu compromisso com a qualidade dos produtos que oferece aos seus clientes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Irmã Dulce passa a ser Santa Dulce dos Pobres após canonização
Geral
MS 42 anos: Mato Grosso do Sul é referência do Ecoturismo brasileiro
Geral
Eletrobras lança plano de demissão para 1.681 funcionários
Geral
Irmã Dulce será reconhecida como Santa Dulce dos Pobres
Geral
Aeroporto Internacional de Corumbá será leiloado em 2º lote do governo
Geral
Petrobras vende campos terrestres no ES por US$ 9,4 milhões
Geral
Abraço Solidário visa fortalecer reestruturação da Seleta neste sábado
Geral
Sesc Cultura terá lançamento de livro sobre patrimônio histórico e bate-papo com autoras
Geral
Comerciante terá que pagar R$ 2,2 mil por transporte ilegal de caranguejos
Geral
Asa Branca relata sofrer ameaças, após revelar maus-tratos de animais

Mais Lidas

Polícia
Adolescentes são apreendidos por necrofilia com cadáver de idosa
Geral
Irmã Dulce passa a ser Santa Dulce dos Pobres após canonização
Oportunidade
Prefeitura seleciona jovens para curso de voluntariado
Polícia
PMA apreende arma usada em caça ilegal