Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Cinco rodovias de Mato Grosso do Sul terão obras no 1º semestre, após retomada de licitação

06 março 2012 - 11h52Reprodução

Neste primeiro semestre de 2012, cinco rodovias federais de Mato Grosso do Sul vão receber as ações da 2ª etapa do Programa de Conservação, Restauração e Manutenção das Rodovias Federais (Crema). Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), as intervenções serão realizadas nas BRs 163, 262, 060, 158 e 419.

Nesta terça-feira (6), foram retomados oito processos de licitação, suspensos há 49 dias e no valor de quase R$ 1 bilhão. Em nota oficial à imprensa, o Dnit informa que os prazos foram suspensos em janeiro para corrigir os dados dos editais referentes à parcela de Bonificação e Despesas Indiretas (BDI).

A partir de primeiro de fevereiro, o percentual de aplicação passaria de 27,84% para 26,70%. Porém, o prazo para aplicação do novo percentual foi adiado para primeiro de maio. Ainda segundo o Dnit, dois editais  (506 e 507) tiveram seus valores corrigidos, “devido a inconsistências encontradas no lançamento dos orçamentos”.

Os oito editais somam R$ 819 milhões. Os contratos do Crema 2ª etapa possuem a duração de cinco anos, sendo os três primeiros destinados aos serviços de restauração e recuperação e os dois últimos para conservação. As propostas serão abertas entre os dias 10 e 13 de abril.

No valor de R$ 91 milhões, a concorrência 506, será aberta no dia 10 de abril. Na mesma data, também serão recebidas propostas do edital 507, no total de R$ 125 milhões. No dia 11 de abril, serão abertas as licitações 508 (R$ 88 milhões) e 509 (R$ 122 milhões). No dia 12 de março, o Dnit abre as propostas para os editais 510, no valor de R$ 133 milhões, e 511, cujo total é R$ 43 milhões. Por fim, em 13 de abril, serão abertas as licitações 512 (R$ 37 milhões) e 513, que totaliza R$ 176 milhões, maior valor dentre os oito editais.

O comando do Dnit/MS é ocupado de forma interina pelo engenheiro Antônio Carlos Nogueira. O cargo estava vago desde 2 de janeiro, quando Marcelo Miranda foi exonerado em um processo disciplinar administrativo.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Flávio Muniz traz para Campo Grande a palestra "Fortuna Digital"
Geral
Caso Marielle tem novo delegado responsável
Geral
Decreto de Reinaldo garante proteção dos rios de Bonito e Jardim
Geral
Indígenas liberam ponte após negociação
Geral
Jornalistas promovem workshop “Inove sua imagem”, na capital
Geral
Segue aberto prazo para cadastro na Agehab
Geral
Lances para leilão no Detran encerram nesta segunda
Geral
Governo divulga resultado do 37º Curso de Formação da Agepen
Geral
Índios fecham ponte que liga Paraná ao Mato Grosso do Sul
Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí