Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Com sonho de ser militar, jovem de 18 anos morre após dois dias no Exército

Para a mãe, o rapaz contava que mantinha uma rotina exaustiva

18 fevereiro 2022 - 13h43Brenda Assis
Sebrae Materia

Edilsio Morais da Silva Filho, de 18 anos, morreu na noite de quarta-feira (16) após um treinamento Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva, realizado pelo 9º Batalhão de Engenharia de Combate em Aquidauana. As informações são do G1.

De acordo com o site, a família do jovem alega negligência por parte das forças armadas na morte do jovem. Edilsio começou os treinamentos na última segunda-feira (14), com uma rotina exaustiva de trabalho e treinos, ele passou mal após uma corrida.

O comandante do 9º Batalhão de Engenharia de Combate em Aquidauana, tenente-coronel Braulio, informou que o jovem teria feito uma corrida de 3 km, acompanhado de outros 19 alunos. No final do percurso, no alojamento, Edilsio começou a passar mal e foi atendido pelo médico do Batalhão.

Após isso ele foi encaminhado para um hospital na cidade, onde faleceu horas depois.

Para a família, Edilsio contou que estava mantendo uma rotina exaustiva, quase não dormia, acabava enfrentando exposição ao calor, tomava pouca água, tinha uma alimentação restrita e ainda era submetido a treinos físicos intensos.

“Hoje foi doido. Teve um momento em que deram 30 segundo para ir no alongamento e voltar pra formação. Atrasei e me mandaram fazer uma redação de 50 linhas”, contou ele a mãe em uma troca de mensagens via aplicativo.

Morte

O site de notícias G1 teve acesso ao atestado de óbito do rapaz, onde consta que a morte foi causada por rabdomiolise — ação do organismo caracterizada pela destruição das fibras musculares —, hepatite fulminante, arritmia cardíaca e desidratação.

A família alegou ainda que a causa foi negligência do exército em relação ao jovem.

Nota

Em nota, o Comando Militar do Oeste (CMO) destacou que inquérito militar já foi aberto e investigará as circunstâncias que levaram Edilsio a morte. Confira nota do CMO íntegra:

"Edilsio Morais da Silva Filho estava em formação no Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) do 9º Batalhão de Engenharia de Combate (9 ºB E Cmb), localizado na cidade de Aquidauana, desde o dia 14 de fevereiro. No dia 16, o referido aluno começou a passar mal e foi prontamente levado ao Hospital Regional da cidade de Aquidauana, onde veio a falecer. As circunstâncias que envolveram os fatos serão apuradas em Inquérito Policial Militar já instaurado pelo 9º Batalhão de Engenharia de Combate (9 ºB E Cmb)".

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo divulga lista de alimentos que podem ser doados aos Yanomami
Geral
Brasil bateu recorde de geração de energia renovável em 2022
Geral
JD1TV: Motorista suja casa alheia após "brincar" com caminhonete no Jardim Auxiliadora
Geral
Janine amanhã às 9h no JD1
Geral
É a hora! Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 160 milhões
Geral
Em pesquisa nacional, MS tem a 4ª melhor infraestrutura do País
Geral
Governo envia nova comitiva para prestar socorro à indígenas Yanomami
Geral
Já apostou? Mega-Sena sorteia R$ 135 milhões neste sábado
Geral
Mutirão da CNH Social acontece hoje no Pátio Central Shopping
Geral
Você e seus amigos na área Vip: JD1 sorteia ingressos para o Campo Grande Musik

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado