Menu
Busca domingo, 05 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

JD1TV: Confeiteiras fazem ovos de Páscoa em casa para garantir renda extra

"É muito rentável', ressaltou Amanda Guedes

11 abril 2022 - 09h50Sarah Chaves
Sebrae Materia

Os pequenos negócio de pessoas que fazem doces derivado do chocolate e ovos de páscoa já são vendidos há muito tempo, e ainda hoje é uma forma de garantir um dinheirinho extra no mês, ainda segundo o Sebrae nacional no último ano, houve um aumento nos pequenos negócios que fabricam esses produtos de forma caseira.

Segundo relatos de confeiteiras de Campo Grande, a Páscoa é a melhor época para avenda de doces de chocolate em geral. 

Quem entrou nessa onda foi Amanda Gonçalves Pereira Guedes, 24 anos, que neste mês vai para o seu segundo ano de páscoa. “Comecei a fazer por gostar de cozinhar e ter afinidade com a cozinha, e claro, para ajudar em casa com as contas e também por já mexer no ramo da confeitaria com brownies”, comentou.

Segundo ela, a páscoa é a época do ano que ela mais lucra. “E acredito que seja assim para a maioria dos confeiteiros, é muito rentável. Tenho clientes fixos e espero conseguir uma nova clientela esse ano também”.

Amanda faz vários tipos de doces, brownies, bolos, centos de docinhos, pudim, cookies, e pensa em fazer todo ano. “Penso em mexer todo ano sim com a páscoa, nem que seja a única época em que eu mexa com cozinha como renda, mas não penso em abrir mão da páscoa nunca”.

Já Maria Laura Dos santos Silva, de 20 anos começou a fazer doces na escola e começou há três anos a mexer com chocolate. “Os doces comecei a fazer no primeiro ano do ensino médio, comecei com cone recheado, fiz um tempo e parei, depois voltei a fazer alfajor no finalzinho do primeiro ano do ensino médio, no terceiro ano já fazia, trufas e brigadeiros para ajudar na renda, porque na época eu era menor aprendiz e ganhava muito pouco e os doces eram uma forma de ajudar na minha renda extra”.

Especificamente os ovos de chocolate Maria começou a fazer após solicitação de amigos. “Muitas pessoas vinham perguntar se eu fazia, então decidi a começar a fazer pela solicitação. A Páscoa é a época mais lucrativa do ano na confeitaria”, ressaltou. Segundo ela, poucos são para presentes, o pessoal compra 80% das vezes para consumo próprio.

Há seis anos no ramo, Mariana Nantes começou a fazer os doces por gostar de cozinhar e começou a vender na faculdade para os amigos. Acompanhe.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo envia nova comitiva para prestar socorro à indígenas Yanomami
Geral
Já apostou? Mega-Sena sorteia R$ 135 milhões neste sábado
Geral
Mutirão da CNH Social acontece hoje no Pátio Central Shopping
Geral
Você e seus amigos na área Vip: JD1 sorteia ingressos para o Campo Grande Musik
Geral
JD1TV: Show é interrompido após "peidinho" dentro de bar
Geral
Corpo de Bombeiros orienta motoristas em caso de acidentes no trânsito
Geral
Janine segunda-feira às 9h no JD1
Geral
Alexandre de Moraes confirma conversa com senador Marcos do Val
Informe Publicitário
Sebrae/MS apresenta principais ações para apoiar pequenos negócios em 2023
Geral
Morre o estilista espanhol Paco Rabanne

Mais Lidas

Polícia
Mãe desaparece com filho de 6 anos e preocupa família na Capital
Interior
Raio mata 16 cabeças de gado e causa prejuízo de R$ 60 mil a pecuarista de MS
Polícia
Entregador de aplicativo é preso enquanto fazia entregas de "disk droga"
Polícia
Colisão entre carro e viatura do Batalhão do choque deixa feridos na Capital