Menu
Busca quinta, 17 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Geral

Congresso brasileiro de direito será em outubro, na capital

O lançamento do XXXIII Congresso Brasileiro de Direito Administrativo contou com o secretário-geral representando a OAB/MS

01 março 2019 - 08h30Da redação com assessoria

Na quarta-feira (27) foi lançado o XXXIII Congresso Brasileiro de Direito Administrativo, que será realizado entre os dias 16 e 18 de outubro, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo. No envento, o secretário-geral Stheven Razuk representou a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS).

O lançamento do congresso aconteceu no Plenário do Tribunal de Contas do Estado e teve como palestra de abertura: “Parcerias na Saúde: Os Desafios do Controle”, proferida pelo professor e doutor em Direito do Estado Fernando Mânica, que é autor de diversos livros, procurador do Estado do Paraná e educador na Universidade Positivo.

Ao JD1 Notícias, o procurador-geral da prefeitura Alexandre Avalo, disse que a repercussão do evento é de nível nacional. "Nós teremos representantes e juristas de todo o Brasil, e são esperados mais de 2 mil profissionais no Congresso".

Para o secretário-geral, o lançamento desse congresso refloresce a escola de Direito Administrativo do Estado. “Um ramo do direito que a cada dia tem ganhado mais relevo, crucial para o Estado de Direito e responsável por regular o funcionamento do aparato estatal e de seus agentes. O IDAMS tem todo o apoio da instituição para eventos dessa natureza. É nosso dever apoiar o aperfeiçoamento da cultura jurídica”, afirmou Stheven Razuk.

O XXXIII Congresso Brasileiro de Direito Administrativo é uma realização do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo (IBDA), em parceria com o Instituto de Direito Administrativo de Mato Grosso do Sul (IDAMS) e tem o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS).

“A Ordem dos Advogados é uma grande parceira do instituto. Já tivemos a oportunidade de realizar três seminários juntos e neste congresso teremos mais uma vez esse apoio. Agradeço pela presença do nosso secretário-geral Stheven Razuk. A OAB/MS esteve muito bem representada. Que possamos continuar nessa parceria profícua, visando o fortalecimento do Direito Administrativo no estado de MS”, destacou o presidente do Instituto de Direito Administrativo de Mato Grosso do Sul (IDAMS) João Paulo Lacerda, que também é presidente da Comissão de Direito Administrativo e membro da Comissão do Advogado Publicista.

Neste ano, o Congresso homenageará o professor de Direito da PUC/SP e mestre do Direito Administrativo Brasileiro, Celso Antônio Bandeira de Mello. Na 33ª edição, p evento é reconhecido nacionalmente pela qualidade dos debates e temas. A expectativa é que participem aproximadamente 80 palestrantes e mil congressistas de todo o país, entre eles acadêmicos, professores de direito, advogados, promotores e juízes.

 

Dr. Alexandre e o Dr. João Paulo Lacerda da Silva, presidente do IDAMS - Instituto de Direito Administrativo do Mato Grosso do Sul

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Adélio Bispo poderá ganhar liberdade antes das eleições de 2022
Geral
Bombeiros resgatam trabalhadores pendurados em prédio da capital
Geral
Pastor e construtor são presos por estupro de adolescentes
Geral
Dono de conveniência no Taquarussu morre de Covid-19
Geral
Celulares apreendidos em presídios já foram doados a mais de 2 mil alunos
Geral
Huck diz que não será candidato à Presidência, mas substituirá Faustão
Geral
CPI da Energisa depende de julgamento que ocorre hoje
Geral
Vídeo mostra momento que mulher é morta a tiros pelo ex-marido
Geral
Trecho crítico em BR será modificado
Geral
Motociclista é socorrido após bater em coqueiro no canteiro central

Mais Lidas

Polícia
Após gastar R$ 13 mil em relacionamento de 40 dias, homem descobre traição
Geral
Dono de conveniência no Taquarussu morre de Covid-19
Cidade
Estão abertas as inscrições para o sorteio de lotes no Oscar Salazar
Geral
Vídeo mostra momento que mulher é morta a tiros pelo ex-marido