Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Geral

Conheça o saque-aniversário do FGTS

O trabalhador pode optar pela nova modalidade de saque, mas não é obrigatório

01 outubro 2019 - 13h56Sarah Chaves, com informações da Agência Brasil

O saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), foi criado pela Medida Provisória nº 889/2019, e já está liberado para escolha do do trabalhador. A opção pode ser registrada no aplicativo do FGTS ou na página.

Ao confirmar esta opção em um dos canais divulgados pelo banco, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.

O primeiro saque será feito de acordo com um calendário:

Mês de Nascimento                Período de saque

- Janeiro e fevereiro                    Abril a junho de 2020

- Março e abril                             Maio a julho de 2020

- Maio e Junho                            Junho a agosto de 2020

- Julho                                         Julho a setembro de 2020

- Agosto                                      Agosto a outubro de 2020

- Setembro                                  Setembro a novembro de 2020

- Outubro                                     Outubro a dezembro de 2020

- Novembro                                 Novembro de 2020 a janeiro de 2021

- Dezembro                                 Dezembro de 2020 a fevereiro de 2021

 

Segundo o vice-presidente de Fundos de governo e Loterias, Paulo Ângelo, o primeiro calendário de liberação do saque-aniversário foi feito para não coincidir com a liberação da outra modalidade “Estamos no calendário do pagamento do saque imediato com previsão de atendimento a 96 milhões de pessoas. Fizemos uma organização do atendimento de tal maneira a não confundir o saque imediato e o saque-aniversário”, disse.

A partir de 2021, a liberação ocorrerá no mês de aniversário do trabalhador, que deverá escolher o dia 1º ou 10º do mês. Segundo a Caixa, a diferença é que, ao optar pelo 10º dia, a base de cálculo do valor a receber será acrescida de juros e atualização monetária do mês de saque.

O trabalhador poderá sacar um percentual calculado sobre o saldo do FGTS, acrescido de parcela adicional fixa:


Os valores ficarão disponíveis para saque por três meses, a conta do primeiro dia útil do mês de nascimento. Quem tem poupança ou conta corrente em qualquer banco pode solicitar o crédito em conta. Mas, no caso de trabalhadores que não são clientes da Caixa, será cobrada tarifa de transferência.

A migração para a modalidade saque-aniversário não é obrigatória. Quem não comunicar à Caixa o interesse em migrar permanecerá na regra de saque-rescisão, em que o trabalhador demitido sem justa causa, tem direito ao saque integral de sua conta do FGTS, acrescido de multa rescisória.

Aos optantes pelo saque-aniversário estão mantidas as movimentações da conta para compra de casa própria, doenças graves, aposentadorias e outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Caixa deposita 2ª parcela de R$ 600 de nascidos em setembro ou outubro
Geral
Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial
Geral
Riedel lança e inaugura obras no interior
Geral
Alcione, Sambô, Projota e outros artistas animam o domingo em lives
Geral
Filho de Bolsonaro termina namoro com influenciadora ex de Eduardo Costa
Geral
Homem morre após rolo compressor passar por cima da barriga dele
Geral
“É mais fácil o MS fechar que a Casa China”, diz diretor do Shopping China
Geral
Estão liberadas as realizações de vistoria de identificação veicular
As vistorias deverão ocorrer fora das instalações das empresas credenciadas
Geral
Caixa abrirá até 12h para pagamento do auxílio emergencial neste sábado
Geral
Caixa abrirá 12 agências para saque do auxílio neste sábado no MS

Mais Lidas

Polícia
Quatro bairros de Campo Grande receberão fumacê nesta segunda
Polícia
Tenente-coronel Wagner Ferreira assume comando do DOF
Polícia
Perseguição e tiros na Gury Marques terminam com mulher na delegacia
Polícia
Jovem é morto pelo companheiro por ciúmes