Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Geral

Defesa Civil vai percorrer cidade para calcular estragos do temporal

07 janeiro 2011 - 10h47
A Defesa Civil ainda vai fazer levantamento dos estragos causados pelo temporal que assolou Campo Grande na tarde de ontem. A previsão é que os trabalhos comecem às 10h. A vistoria terá início pelas obras do Shopping Norte/Sul Plaza, localizado na avenida Ernesto Geisel. No local, o rio Anhanduí transbordou e a água tomou conta do terreno,encobrindo dois carros. Em frente, uma ponte que ainda está em construção, foi interditada sob o risco de desmoronar. Nos fundos da obra, três casas de madeira foram destruídas pela chuva. A Defesa Civil também vai às regiões mais afetadas: Jóckey Clube, Vila Nhá Nhá e Marcos Roberto. Em pouco mais de duas horas, a chuva causou 33 alagamentos, derrubou 35 árvores e arrastou cinco veículos em Campo Grande. O titular da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), João Antônio De Marco, afirma que aguarda o relatório da Defesa Civil. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Casa da Mulher Brasileira repudia discurso de delegado Wellington
Geral
Frota de ônibus será reduzida na capital nos feriados de Páscoa
Geral
Economia assusta mais que pandemia, diz pesquisa Ranking
Geral
Pagode ou Sertanejo? Lives de Bruno e Marrone e Péricles animam o "Fique em Casa"
Geral
Crivella decreta estado de calamidade pública no Rio
Geral
Vídeo - Marília Mendonça agradece "trabalho incrível" de Mandetta em live
Geral
Atenção: Links falsos do auxílio emergencial chegam a 6,7 milhões de brasileiros
Geral
Reinaldo pede consciência para vencer a pandemia mais rápido
Geral
Escritor Olavo diz que Mandetta deveria ser preso por esconder cura para coronavírus
Geral
Empresas de turismo não podem cobrar multa para remarcar reserva, diz Procon-MS

Mais Lidas

Saúde
Após conserto, municípios começam receber respiradores
Geral
Casa da Mulher Brasileira repudia discurso de delegado Wellington
Brasil
David Uip não aceita intromissão de Bolsonaro em seu tratamento
Brasil
Brasil tem 941 mortes e 17.857 casos confirmados de coronavírus