Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Eremita vive nu há duas décadas em ilha remota no Japão

17 abril 2012 - 11h02Reuters

O japonês Masafumi Nagasaki, de 61 anos, vive como eremita na ilha Sotobanari, na costa oeste da ilha japonesa de Iriomoto, na província japonesa de Okinawa.

A ilha é remota, e os pescadores da região raramente chegam nela, que é protegida por correntes marítimas perigosas.

Nagasaki transformou a ilha em seu "refúgio" para a aposentadoria, e estabeleceu um código de vestimenta bem claro: a nudez total.

Ali, ele enfrenta sozinho tufões, naturais na região tropical, e os mosquitos que infestam a ilha.

"Eu não faço o que a sociedade me diz, mas sigo as regras do mundo natural. Você não pode vencer a natureza, então você tem de obedecê-la completamente", disse.

"É o que eu aprendi quando cheguei aqui, e é por isso que estou tão bem."

Nagasaki mora há duas década na ilha, desde que largou seus empregos, como fotógrafo e na indústria do entretenimento.

Ao se aposentar, ele só quis "ficar longe de tudo".

Ele escolheu Sotobanari, que tem forma de fígado e cerca de mil metros de diâmetro. O nome que dizer "ilha distante" no dialeto local.

A ilha, apesar de ser japonesa, fica mais perto de Taiwan do que de Tóquio.

No começo de seu retiro, ele se vestia toda vez que um barco de pescadores passava. Mas depois perdeu os pudores e passou a andar nu sempre.

Ele afirma que na ilha a nudez é quase um uniforme, e que se sente mal com roupas ali.

Ele só se veste uma vez por semana, quando pega um barco e vai comprar mantimentos e água potável em uma vila. Ele também saca os cerca de US$ 120 que sua família lhe envia.

Sua comida diária é à base de bolo de arroz. A água para o banho e o barbear vem da chuva, coletada em panelas.

A rotina é rigorosa. Começa com banho de mar e tomar sol. Depois, vem a parte difícil, de preparar a comida, arrumar o acampamento e esperar a noite.

Ele defende sua escolha:

"Achar um lugar para morrer é importante. E eu decidi que esse é o meu lugar."

Via G1 / Reuters

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Guarda Municipal faz alerta sobre riscos do uso de cerol nas pipas
Geral
ABO-MS: Nova clínica é sinônimo de modernidade
Geral
Escola Virgílio Alves arrecada mais de 10 mil agasalhos e ganha reforma
Geral
Encontro inédito de transportadoras de MS reúne mais de 20 empresas do setor
Geral
Procon-MS autua Lojas Americanas por divergência de preços
Geral
Tailândia quer investir no ecoturismo e agronegócio de MS
Geral
Pré-contrato de compra da UFN3 deverá ser assinado em agosto
Geral
CAU-MS faz nota contra PEC que extingue conselhos
Geral
Incêndio florestal fere 32 pessoas
Geral
PDV pode custar R$ 9 milhões ao estado

Mais Lidas

Polícia
Adolescente morre depois de ficar com pescoço preso em janela
Polícia
Pai arrecada R$ 1 mi para tratamento do filho e foge com valor
Polícia
Homem comete suicídio depois de tentar matar ex-mulher
Cultura
Marcos e Belluti abrem o Festival do Sobá, em Campo Grande