Menu
Busca quinta, 19 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Camara Maio22
Geral

Especialistas criam manual para reduzir atropelamentos de animais

A nova estratégia lançada em dezembro do ano passado, foi oficializada no dia 17 de janeiro

23 janeiro 2022 - 15h49Taynara Menezes

O Manual de Orientações Técnicas criado por especialistas da área do Governo do Estado, em parceria com ONGs (Organização Não Governamentais), apresenta a proposta de reduzir atropelamentos de animais silvestres nas rodovias estaduais, assim como colisões com a fauna que provocam acidentes e mortes de seres humanos. 

A nova estratégia lançada em dezembro do ano passado foi oficializada no último dia 17, com o mecanismos de reduzir estes acidentes nas estradas estaduais, que em muitos casos envolvem animais de médio e grande porte, como capivaras, antas e tamanduás. 

“Recebemos muitos animais silvestres feridos aqui no CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), em função de atropelamentos. Este manual é muito importante porque se trata de um estudo, que prevê ações que serão implantadas na prática, para alterar e reduzir estes acidentes”, descreveu Daniel Cazati, veterinário responsável técnico do CRAS.

Cazati revelou que já atendeu casos de diferentes animais feridos, como quatis, antas e macaco-prego, tendo inclusive realizado cirurgias como reconstrução fácil e até implante de bico em uma arara-canindé. “Esta iniciativa é um bom começo e agora vamos esperar os resultados na prática, para melhorar esta situação”.

Orientação

O manual será utilizado na execução de novos projetos viários em Mato Grosso do Sul. As estradas e rodovias que serão pavimentadas no Estado terão que ter em seus projetos executivos ferramentas que permitam a redução de atropelamentos de animais. 

O documento também poderá ser usado nas rodovias já pavimentadas, principalmente aquelas que apresentam alto índice de acidentes devido estas colisões, muitas vezes com atropelamento de animais em extinção. (Confira o manual)

“É um Manual para orientar engenheiros e projetistas na hora da execução dos projetos das estradas. É um mapa que vai nortear todas as obras viárias que estamos fazendo. Essas obras terão que ter pontos identificados para evitar morte de animais e também de pessoas, evitando graves acidentes”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Morre o Sensei João Shimabukuro
Agronegócio
Reinaldo recebe homenagem por ações no agronegócio
Geral
CPI da Energisa terá novo sorteio de medidores
Geral
STF anuncia parceria com TSE para programa de combate a desinformação
Geral
Missa de um ano de Nilson Guasso será nesta quinta
Geral
Doe você também: Lar de idosos realiza campanha 'Aqueça Um Idoso'
Geral
Pais processam Apple após alerta de AirPods romper tímpanos de jovem
Geral
Ex-presidente Lula irá se casar hoje em São Paulo
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Geral
Separados, Joelma acusa Ximbinha de não pagar pensão da filha

Mais Lidas

Polícia
Detento é encontrado morto em cela no presídio da Gameleira
Política
Luiz Renato é o novo secretário de Fazenda de MS
Geral
Mulher pede ajuda em bar e é socorrida com hipotermia na Capital
Interior
Furioso, marido morde e arranca parte de orelha de esposa