Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Estado pode voltar a trabalhar em período integral

O fato polêmico poderia alterar a rotina de milhares de servidores que tem atividades de outra natureza no período da tarde

11 janeiro 2019 - 16h02Da redação

Uma medida simpática ao público em geral, mas que é um “fantasma” para o funcionalismo público, pode estar a caminho. É o trabalho em período integral, oito horas por dia, que há muito tempo foi substituído na esfera pública estadual, por uma jornada única, que se inicia 7h30 e vai até as 13h30. A nova regra poderia equilibrar a falta dos comissionados que não serão recontratados, já que uma jornada maior compensaria o quadro funcional menor.

O fato, porém, alteraria a rotina de milhares de servidores, que tem atividades de toda natureza no período da tarde, inclusive informais e remuneradas, possibilidade que poderia deixar de existir. Porém, é preciso observar que o Estado tem o direito de cobrar dos servidores as 40 horas semanais trabalhadas, tal qual é a jornada de um trabalhador da iniciativa privada.

O secretário Eduardo Riedel, na prática, o “gerente” do atual governo, e mentor do enxugamento que o Governo do Estado está promovendo, desconversou. O que em política, sempre é um sinal de que algo está por vir.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Onça é flagrada em rodovia e assusta motociclista
Geral
MS comandará Fórum Nacional de Esportes
Geral
Último dia para recadastramento bancário de servidores nascidos em março/abril
Geral
Vídeo - Temporal e grazino destroem casas e derruba energia no estado
Geral
Aeroporto atua normalmente nesta manhã sem cancelamentos e atrasos
Geral
Sidrolândia proíbe fogos de artifícios de efeitos sonoros
Geral
Ernesto Araújo quer implantar escritório do Itamaraty em Campo Grande
Geral
Criador de 70 anos morre atacado por leão
Geral
Caio Castro estará em Campo Grande para o Rally dos Sertões
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa

Mais Lidas

Geral
Confira a lista de sorteados cadastrados na EMHA
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa
Oportunidade
Processo Seletivo do Senar/MS tem salários que chegam a R$ 6,5 mil
Polícia
Jovem é morto a tiros na frente da família