Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 03 - tarde demais
Geral

Exposição apresenta telas pintadas por reeducandas de São Gabriel

24 março 2012 - 08h09Divulgação/Agepen

Nesta segunda-feira (26) às 14h, acontece no Estabelecimento Penal de São Gabriel do Oeste, uma exposição de telas pintadas por reeducandas durante um projeto que busca a arte como um meio de atingir a reinserção social.

A ação faz parte da programação preparada pela Coordenadoria da Mulher do Município em comemoração ao “mês da mulher”. O evento não será aberto ao público em geral, mas reunirá convidados definidos pela coordenadoria em conjunto com a direção do estabelecimento prisional.

De acordo com a chefe do Setor de Trabalho do Estabelecimento Penal de São Gabriel do Oeste, Rosângela Palhano Ferreira de Moraes, uma das organizadoras, estarão expostas 72 telas (selecionadas entre 150), apresentando temas variados, como arte abstrata, florais e casario.

Os trabalhos são resultado de um curso oferecido pela Prefeitura local, por meio de Secretaria de Assistência Social, como parte do projeto “Rede de Intercessão à Mulher”. A capacitação, com duração de 200 horas/aula, foi realizada de março a novembro do ano passado, e teve a participação de 20 custodiadas.

Segundo a artista plástica e instrutora, Elen Carla Moraes Baptistella, durante o curso as reeducandas aprenderam a entender as texturas, o resultado da mistura de cores, o peso e a suavidade de cada pincelada. “Elas também foram incentivadas a expor seus sentimentos e sensações, pois é essa sensibilidade que faz a diferença”, ressalta, informando que cada aluna foi definindo o estilo com o qual mais se identificava.

A qualificação, conforme o diretor do presídio, Dirceu Simões, além de dar uma ocupação produtiva às reclusas, teve como objetivo principal proporcionar um aprendizado que possibilitasse a profissionalização das participantes.

É o caso da reeducanda Antônia Martins de Lima, que descobriu durante a qualificação sua verdadeira vocação. “É um dom que eu tenho e eu me vi apaixonada por ele”, ressalta. Segundo Antônia, o curso foi muito positivo para ela e deverá servir de base para uma nova vida quando deixar a unidade penal. “Meu sonho agora é montar um ateliê e viver da minha arte”, planeja.

Continuidade

Como continuidade do projeto de qualificação iniciado no ano passado no presídio, uma nova turma de reeducandas já iniciou as aulas de técnicas de pintura.

O curso é ministrado também a 20 internas, das quais cinco já participaram na primeira etapa e agora estão aprimorando as técnicas aprendidas.

As aulas acontecem duas vezes por semana, com duração média de três horas. A carga horária total também é de 200 horas/aula.

Via Notícias MS

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeitura multa Consórcio Guaicurus em R$ 12 milhões
Geral
Carnaval no Rio pode acontecer só em junho
Geral
Governo amplia prazo de redução de jornada e suspensões de contratos
Geral
Orro quer proibir atos públicos para evitar aglomerações
Geral
Aos 27 anos, Adalberto perde a luta contra o coronavírus
Geral
Saque de auxílio emergencial é liberado para beneficiários do 3º lote
Geral
Mãe pede leite, remédio ou dinheiro para salvar bebê com anomalia
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Geral
Licenciamento de veículos pode ser emitido online
Geral
Blogueira de MS afirma estar com Covid-19 e faz “recebidos” de vitaminas

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação