Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Exposição apresenta telas pintadas por reeducandas de São Gabriel

24 março 2012 - 08h09Divulgação/Agepen

Nesta segunda-feira (26) às 14h, acontece no Estabelecimento Penal de São Gabriel do Oeste, uma exposição de telas pintadas por reeducandas durante um projeto que busca a arte como um meio de atingir a reinserção social.

A ação faz parte da programação preparada pela Coordenadoria da Mulher do Município em comemoração ao “mês da mulher”. O evento não será aberto ao público em geral, mas reunirá convidados definidos pela coordenadoria em conjunto com a direção do estabelecimento prisional.

De acordo com a chefe do Setor de Trabalho do Estabelecimento Penal de São Gabriel do Oeste, Rosângela Palhano Ferreira de Moraes, uma das organizadoras, estarão expostas 72 telas (selecionadas entre 150), apresentando temas variados, como arte abstrata, florais e casario.

Os trabalhos são resultado de um curso oferecido pela Prefeitura local, por meio de Secretaria de Assistência Social, como parte do projeto “Rede de Intercessão à Mulher”. A capacitação, com duração de 200 horas/aula, foi realizada de março a novembro do ano passado, e teve a participação de 20 custodiadas.

Segundo a artista plástica e instrutora, Elen Carla Moraes Baptistella, durante o curso as reeducandas aprenderam a entender as texturas, o resultado da mistura de cores, o peso e a suavidade de cada pincelada. “Elas também foram incentivadas a expor seus sentimentos e sensações, pois é essa sensibilidade que faz a diferença”, ressalta, informando que cada aluna foi definindo o estilo com o qual mais se identificava.

A qualificação, conforme o diretor do presídio, Dirceu Simões, além de dar uma ocupação produtiva às reclusas, teve como objetivo principal proporcionar um aprendizado que possibilitasse a profissionalização das participantes.

É o caso da reeducanda Antônia Martins de Lima, que descobriu durante a qualificação sua verdadeira vocação. “É um dom que eu tenho e eu me vi apaixonada por ele”, ressalta. Segundo Antônia, o curso foi muito positivo para ela e deverá servir de base para uma nova vida quando deixar a unidade penal. “Meu sonho agora é montar um ateliê e viver da minha arte”, planeja.

Continuidade

Como continuidade do projeto de qualificação iniciado no ano passado no presídio, uma nova turma de reeducandas já iniciou as aulas de técnicas de pintura.

O curso é ministrado também a 20 internas, das quais cinco já participaram na primeira etapa e agora estão aprimorando as técnicas aprendidas.

As aulas acontecem duas vezes por semana, com duração média de três horas. A carga horária total também é de 200 horas/aula.

Via Notícias MS

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
União Europeia proibe uso de canudos e outros plásticos até 2021
Geral
Juízas debatem desafios na carreira em MS
Geral
Inscrição para concorrer a moradia da Agehab encerra nesta terça-feira
Geral
Aprovados no concurso da Caixa em 2014 serão chamados a partir de junho
Geral
Compadre Washigton está internado após assalto
Geral
Onze pessoas morrem e uma fica ferida em chacina
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163
Geral
Ativistas pelos direitos humanos e LGBT são homenageados na capital
Geral
Após investigação, diretor de presídio é dispensado em Dourados
Geral
Reservatório no Distrito Federal chega a 100% de capacidade

Mais Lidas

Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163