Menu
Busca quinta, 27 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
Sebrae - Evento 50 + 50
Geral

Governo paga servidores dia 1° de dezembro

Já no dia 10 de dezembro, Estado deposita segunda parcela do 13° salário

29 novembro 2021 - 13h13Sarah Chaves

Os servidores públicos terão o salário de novembro depositados nesta quarta-feira, 1º de dezembro, pelo Governo do Estado.


Também neste mês, no dia 10, o Governo do Estado paga a segunda parcela do 13° salário do funcionalismo público que tem 81 mil servidores.

A expectativa é de que a segunda parcela impacte em R$ 169 milhões a folha de remunerações do Governo do Estado.

Para o governador Reinaldo Azambuja, o adiantamento é fundamental, “pois dá previsibilidade para o servidor, que pode se programar com os gastos de fim de ano”. “Também fortalece o comércio, que pode se preparar com promoções para esse período. Antecipar o 13° é movimentar a economia e atender o servidor”, destacou o governador.

Corumba - vacinação

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Homem que deu capacetadas levou garrafada antes, diz moradora do condomínio no Tarumã
Geral
Morte de Luiz Crosara emociona Uberaba
Geral
Homem desaparecido no Pioneiros é encontrado na BR desorientado
Geral
Resolução que detalha avaliação psicológica para porte de arma é publicada
Geral
Unidades prisionais de MS não poderão receber visitas por 15 dias
Geral
Estado programa orçamento de R$ 710.620 milhões para o Fundo Especial de Saúde
Geral
BBB: Luciano é eliminado antes de alcançar a tão desejada fama
Geral
Técnico de enfermagem que estava desaparecido desde quinta é encontrado na Capital
Geral
Pagamento de benefícios do INSS com reajuste começaram hoje
Geral
Enfermeira que morreu em acidente comemorou a volta para casa nas redes sociais

Mais Lidas

Polícia
Homem passa mal e morre na casa da mãe
Polícia
Irmãos matam pai a pauladas por acharem que ele matou a mãe deles
Comportamento
Murilo abre mão de bens na divisão do patrimônio de Marília, diz colunista
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital