Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Abelhas matam idosa de 81 anos

A colmeia foi destruída por trator e o enxame atacou a residência mais próxima; idosa não conseguiu escapar

14 janeiro 2019 - 16h54Da redação

Uma idosa de 81 anos foi atacada por um enxame de abelhas no distrito de Sanga Puitã, que fica a 17 quilômentros de Ponta Porã. A vítima que era cadeirante sofreu picadas na região do pescoço, orelha, braços, cabeça e mão.

O caso aconteceu no início da manhã da última terça-feira (8) quando um idoso estava roçando um terreno e passou com o trator em cima de uma colmeia e, ao perceber o ataque das abelhas correu, imediatamente, para não ser picado.

O tratorista de 54 anos, percebeu que o enxame de abelhas foram para casa ao lado e começaram a atacar os moradores que fugiram correndo, mas a idosa não conseguiu sair, quando os socorristas chegaram, a vítima estava desacordada e foi encaminhada para o hospital para ser melhor avaliada.

Após cinco dias lutando pela vida, a idosa morreu na madrugada de domingo (13) no Hospital Regional de Ponta Porã.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Rio Miranda pode transbordar nos próximos dias, alerta Imasul
Geral
Pecuarista é autuado em R$ 41 mil por desmatamento ilegal
Geral
Debate sobre proibição do narguilé é adiado por falta de energia
Geral
Fumacê passa por 12 bairros nesta quarta
Geral
Reinaldo quer solução definitiva para assoreamento no Parque das Nações
Geral
"5º Costelão do Cotolengo Sul-Mato-Grossense" acontece em abril
Geral
Massacre em Suzano completa uma semana
Geral
Prefeito e governador entregam moradias no loteamento Bom Retiro
Geral
Drogasil e Drogaria São Leopoldo são autuadas pelo Procon
Geral
Superlua poderá ser vista hoje nas américas do Sul e Norte

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana