Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
Geral

Abelhas matam idosa de 81 anos

A colmeia foi destruída por trator e o enxame atacou a residência mais próxima; idosa não conseguiu escapar

14 janeiro 2019 - 16h54Da redação

Uma idosa de 81 anos foi atacada por um enxame de abelhas no distrito de Sanga Puitã, que fica a 17 quilômentros de Ponta Porã. A vítima que era cadeirante sofreu picadas na região do pescoço, orelha, braços, cabeça e mão.

O caso aconteceu no início da manhã da última terça-feira (8) quando um idoso estava roçando um terreno e passou com o trator em cima de uma colmeia e, ao perceber o ataque das abelhas correu, imediatamente, para não ser picado.

O tratorista de 54 anos, percebeu que o enxame de abelhas foram para casa ao lado e começaram a atacar os moradores que fugiram correndo, mas a idosa não conseguiu sair, quando os socorristas chegaram, a vítima estava desacordada e foi encaminhada para o hospital para ser melhor avaliada.

Após cinco dias lutando pela vida, a idosa morreu na madrugada de domingo (13) no Hospital Regional de Ponta Porã.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Sob efeito do álcool, afogamentos são comuns até para quem sabe nadar
Cidade
CCZ: agendamento para castração de felinos começa na segunda
Geral
Mais de dez cidades do interior não registraram homicídios em 2018
Geral
Deficientes físicos têm direito a desconto na compra do veículo
Geral
Estudante de medicina morre após parada cardiorrespiratória
Geral
Já são quase 400 presos por ataques no Ceará
Geral
Idoso atira na esposa e morre no Inferninho
Geral
Dupla com som do carro alto é autuada por poluição sonora
Geral
Morre aos 53 anos Marcelo Yuka, fundador d'O Rappa
Geral
Clubes paulistas se unem para atuar no combate à violência contra mulher

Mais Lidas

Geral
Idoso atira na esposa e morre no Inferninho
Clima
Temperaturas devem cair no fim de semana em todo o MS
Polícia
Ao tentar furtar carro, homem é linchado e amarrado por moradores
Geral
Estudante de medicina morre após parada cardiorrespiratória