Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Índia que interrompeu o próprio velório reencontra família

Ela teve a morte confirmada pela irmã que se enganou ao identificar o corpo por foto

30 janeiro 2019 - 09h50Rayani Santa Cruz, com G1

A índia Rosicléia Silva, que estava sendo “velada” por engano em uma aldeia de Dourados, reencontrou a família na aldeia Bororó na tarde de terça-feira (29). A irmã que havia reconhecido o corpo de Cristina Oliveira (outra indígena) como sendo de Rosicléia, confirmou o engano e disse que fez a identificação por foto e por isso cometeu o erro.

O caso inusitado chamou a atenção de todo o estado depois da divulgação. O corpo da vítima fatal estava no Instituto Médico Legal (IML), com diversos hematomas pelo corpo e face. Ao mesmo tempo familiares de Rosicléia a procuravam, pois, ela havia saído há dias da aldeia e aparentemente estava desaparecida.

Foi nesse período que Cleusa, irmã de Rosicléia, reconheceu o corpo errado por meio e uma foto e preparou o velório. Ela disse que confundiu porque o rosto estava machucado e porque a parente não dava notícias há dias.

Passado algumas horas, Rosicléia, descobriu sobre a confusão e ligou para a irmã, afirmando que estava viva, em meio ao seu próprio velório. 

Ao reencontrar a família Rosicleia disse que estava trabalhando em uma fazenda em Fátima do Sul, cidade próxima a Dourados. Ao saber do velório, correu para entrar em contato: "Foi um susto", relatou.

Investigação

Agora a polícia trabalha para saber o que ocasionou a morte de Cristina Oliveira, 48 anos. Ela morreu no último sábado (26), após passar uma semana internada sem receber a visita de parentes. Segundo a polícia, ela foi encontrada na rua, com traumatismo craniano, e o rosto muito machucado.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Páscoa pode ser farta até para quem tem restrições alimentares
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Geral
Feriado de Páscoa requer atenção redobrada nas estradas
Geral
Simpósio sobre segurança pública acontece na segunda-feira, na capital
Geral
CCR-MSVia é notificada por falta de guichês de atendimento e troco para usuário
Geral
Sindivarejo realiza treinamento para gestão de e-social em maio
Geral
Sete em cada dez internautas pretendem comprar chocolate na Páscoa
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária
Geral
Unesul, São Luiz e Eucatur são autuadas por não concederem gratuidade a idosos
Geral
Ministério divulga regras para policiamento comunitário

Mais Lidas

Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia