Menu
Busca quinta, 02 de dezembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS nov21
Geral

Índice de abusos de crianças e adolescentes é maior em casa

11 setembro 2011 - 10h28Divulgação

Segundo dados da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente -Depca, cerca de 90% dos casos de violência sexual contra crianças, são praticadas por pessoas que fazem parte do círculo de convivência delas. Aproximadamente 70% dos abusos são cometidos por pais e padrastos, os tios figuram em segundo lugar com cerca de 15%, seguido de vizinhos 9% e primos 7%. Pessoas desconhecidas representam 4% dos casos.

Segundo a delegada titular da Depca, Regina Márcia, a maior parte das denúncias são feitas por terceiros. "A maioria das famílias não acredita que casos como esses podem ocorrer dentro de suas casas, e as mães não acreditam que seus parceiros possam praticar esses atos. Por esse motivo, a maioria das denúncias parte de denuncias anônimas, ou de amigos e vizinhos".

Para a psicóloga do Sest Senat, Cláudia Marcondes, "é difícil definir o que leva um pai, ou qualquer outro parente, a cometer um ato sexual com um menor de sua própria família. Todos os casos devem ser estudados, porque cada caso tem sua complexidade, e não há como generalizar, e chegar a uma só conclusão." afirma.

Cláudia relata ainda que a melhor forma de prevenção é a conversa e a proximidade dos pais para com seus filhos. "Os pais devem orientar seus filhos, sobre os cuidados que eles devem ter e, também devem dar abertura para que contem o que acontece no seu dia a dia, para que caso passem por qualquer situação estranha, não tenham medo e nem vergonha de contar".

Exploração Sexual

De acordo com o SOS Criança, no período de 1º de janeiro a 30 de junho de 2011, foram recebidas 75 denúncias que foram encaminhadas a Depca para investigação. Destas denúncias, constatou-se que 80% são de exploração sexual.

Projeto "Dica na Estrada"

O projeto Direito das Crianças e Adolescentes na Estrada - Dica na Estrada, preparou voluntários para a multiplicação da campanha nas cidades escolhidas, além de atingir cerca de 20 mil pessoas com a soma de todas as ações previstas. As atividades terão duração até maio de 2012 e custo estimado em R$ 200 mil, pagos pela Petrobras, por meio do programa Desenvolvimento e Cidadania.

Durante esse período, a proposta é de que as orientações dadas aos chamados Agentes de Transformação Social (ATS) sejam disseminadas para outras 3,9 mil pessoas nos municípios, por meio de reuniões com grupos de risco, pais, voluntários e/ou profissionais ligados aos Conselhos Tutelares e aos Conselhos de Referência e Assistência Social (Cras).

O trabalho de conscientização dos trabalhadores em Transporte será reforçado em 16 municípios onde há maior presença de profissionais como caminhoneiros, taxistas, mototaxistas e condutores de transporte escolar e de emergência, assim como um maior número de denúncias de abuso contra menores. É o caso de cidades como Porto Murtinho, Ponta Porã, Coxim e Corumbá.

Em todas as abordagens previstas no projeto será dada orientação sobre como evitar e denunciar a exploração de menores. Além da distribuição de material educativo, palestras, visitas e reuniões. O projeto prevê ainda a divulgação da campanha na mídia local, como forma de conscientizar toda a comunidade.

Asa - anestesistas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Menina pede socorro e ajuda para chamar a polícia em prova de escola
Geral
"Vamos usar a vacina Pfizer caso não cheguem as doses da Janssen", diz Geraldo
Geral
Mãe de Marília Mendonça participará de homenagem à filha no Prêmio Multishow
Geral
Casal troca festa de casamento para viajar em motorhome
Geral
Governo de MS sanciona reajuste de 10%
Geral
Governador investe R$ 830 mil em reforma da Casa do Pantanal
Geral
Terceira edição da JDJ acontece neste domingo na Capital
Geral
Mega-Sena: Apostas para concorrer a R$ 16 mi, podem ser feitas até às 18h de sábado
Geral
Ao vivo: Reinaldo entrega 151 veículos para Sanesul e assina reforma da Casa do Pantanal
Geral
Laudo aponta que pilotos do avião que caiu com Marília Mendonça não usaram drogas

Mais Lidas

Brasil
Carteiro é baleado ao fazer entrega em condomínio; assista
Vídeos
Homem se masturba na frente de crianças em condomínio; assista
Polícia
Mulher encontra corpo de bebê escondido em sacola ao descongelar geladeira
Internacional
Perereca suicida? Modelo atira na própria vagina ao gravar vídeo erótico