Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Índios deixam fazenda de Miranda sob tiros e evitam conflito

07 abril 2011 - 07h53João Garrigó
A noite foi de tensão entre índios e fazendeiros na fazenda Petrópolis, em Miranda. A propriedade, que pertence à família do ex-governador Pedro Pedrossian, foi ocupada na última segunda-feira. Os índios, que buscam a ampliação da aldeia Cachoeirinha, também ocuparam a fazenda Charqueada.

De acordo com o índio Valehe Terena, de 30 anos, havia rumores sobre ataque por parte dos fazendeiros. Segundo ele, por volta das 20h, grupo de fazendeiros, funcionários e pistoleiros foram ao local do acampamento indígena. “Ouvi uns cincos disparos. Nessa hora, a Polícia Federal chegou”, relata.

Segundo ele, o grupo permaneceu no local e ninguém foi detido. “Para não ter confronto, saímos de lá às 5h de hoje”, conta.

De acordo com o coordenador regional do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), Flávio Machado, a PF orientou que os indígenas deixassem o local por falta de segurança. Hoje, por volta das 5h os terenas retornaram à fazenda Petrópolis.

A assessoria de imprensa da PF informou que a equipe que foi até Miranda ainda não chegou a Campo Grande, portanto não há detalhes da ação.

A portaria do Ministério da Justiça reconhecendo a área indígena é de 2007. Desde então, há uma guerra judicial e diversas ocupações em busca da posse das terras.

No ano passado, o procedimento administrativo de demarcação foi parcialmente suspenso por decisão liminar proferida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), em beneficio de Pedrossian.

A Funai (Fundação Nacional do Índio) chegou a depositar R$ 1,3 milhão em juízo, referente ao valor das benfeitorias. Mas os proprietários não aceitaram o acordo e recorreram.

Com informações do jornal eletrônico Campo Grande News.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Onça é flagrada em rodovia e assusta motociclista
Geral
MS comandará Fórum Nacional de Esportes
Geral
Último dia para recadastramento bancário de servidores nascidos em março/abril
Geral
Vídeo - Temporal e grazino destroem casas e derruba energia no estado
Geral
Aeroporto atua normalmente nesta manhã sem cancelamentos e atrasos
Geral
Sidrolândia proíbe fogos de artifícios de efeitos sonoros
Geral
Ernesto Araújo quer implantar escritório do Itamaraty em Campo Grande
Geral
Criador de 70 anos morre atacado por leão
Geral
Caio Castro estará em Campo Grande para o Rally dos Sertões
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa

Mais Lidas

Geral
Confira a lista de sorteados cadastrados na EMHA
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa
Oportunidade
Processo Seletivo do Senar/MS tem salários que chegam a R$ 6,5 mil
Polícia
Jovem é morto a tiros na frente da família