Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Justiça proíbe Correios de descontar salário de grevistas

03 outubro 2011 - 15h55Arquivo

O desembargador Macedo Caron, do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), que engloba Brasília e o Tocantins, proibiu os Correios de descontar o salário dos trabalhadores que estão em greve. A decisão foi tomado na sexta-feira (30) pelo magistrado e cassa entendimento da juíza substituta da 3ª Vara de Trabalho de Brasília, que não impediu que a ECT cortasse os vencimentos.

De acordo com o desembargador, a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) determinou a suspensão do pagamento dos grevistas sem negociação prévia e sem levar em conta que o salário tem natureza alimentar. Para Caron, isso foi uma "verdadeira pressão para que os grevistas voltem ao trabalho, resultando em efetiva afronta ao próprio direito de greve".

O desembargador acredita que há possibilidade de uma solução menos prejudicial para ambas as partes, como o desconto mais ameno dos dias parados ou a compensação com horas trabalhadas. Além de proibir a suspensão do salário até o fim do movimento grevista, ele determina que haja devolução dos valores já debitados em folha suplementar, sob pena de multa.

Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Audiência no TST

Nesta terça-feira (4), o TST (Tribunal Superior do Trabalho) vai realizar uma audiência para decidir sobre a continuidade da greve dos funcionários dos Correios. A paralisação já chegou a 18 dias.

A reunião é a primeira etapa de um procedimento com o objetivo de estabelecer um acordo no âmbito judicial. Sem consenso, o caso pode ir a julgamento.

Ao longo desta semana, não houve avanço nas negociações entre representantes dos funcionários e a direção da empresa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mulher compra linguiça e encontra surpresa desagradável
Geral
“Queremos respeitar a coletividade”, diz vereador sobre proibição do narguilé
Geral
Facebook expôs milhares de senhas de usuários à funcionários
Geral
Dois jacarés são capturados em área urbana de Coxim
Geral
Procon autua mercado por vender carne vencida, no Jardim Noroeste
Geral
Veja como se cadastrar para concorrer a sorteio de casas da Agehab
Cidade
“Vou entregar a cidade melhor do que peguei”, diz Marquinhos Trad
Geral
Duas vítimas do massacre em Suzano continuam internadas
Geral
Professores de MS fazem protesto contra reforma da Previdência
Geral
Artesãos são homenageados na Assembleia

Mais Lidas

Geral
"5º Costelão do Cotolengo Sul-Mato-Grossense" acontece em abril
Geral
Drogasil e Drogaria São Leopoldo são autuadas pelo Procon
Geral
Veja como se cadastrar para concorrer a sorteio de casas da Agehab
Oportunidade
Prefeitura abre concurso com salário de R$ 10 mil