Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Geral

Longen defende união entre Brasil e Paraguai para o desenvolvimento na fronteira

O presidente da Fiems participou de congresso em Pedro Juan Caballero

02 agosto 2019 - 15h21Joilson Francelino

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, defendeu nesta sexta-feira (2) união entre o Brasil e o Paraguai, para o desenvolvimento da região de fronteira.

Longen participou do 1º Congreso de Inversionistas de Frontera (Congresso dos Investidores de Fronteira), realizado nesta sexta, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã (MS), onde também destacou a importância de eventos que apresentem aos empresários informações sobre as vantagens de se investir na região fronteiriça. “O Governo do Estado implantou um decreto instituindo o Programa Fomentar Fronteiras, que incentiva o comércio atacadista na região de fronteira. Essas ações são importantíssimas para o desenvolvimento da indústria e também para a atração de novos investimentos para Mato Grosso do Sul porque muitas empresas vão para o nosso Estado de olho nas oportunidades de se instalar também no Paraguai”, salientou Sérgio Longen.

Ele citou também o Programa Indústria Sem Fronteiras, desenvolvido pela Fiems que faz um raio-X das principais cidades sul-mato-grossenses que fazem fronteira com o Paraguai. “O objetivo é fornecer informações aos empresários sobre os municípios de Mato Grosso do Sul e do Paraguai, como infraestrutura, logística, transporte, energia, água e mão de obra. Vale aqui destacar que temos o Centro Internacional de Negócios (CIN) que tem dado todo apoio aos empresários”, afirmou.

Ainda conforme o presidente da Fiems, o Indústria Sem Fronteiras já atraiu 87 empresas dos Estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina, interessadas nos mecanismos e vantagens competitivas do programa Fomentar Fronteiras. “Além disso, cinco empresas já se instalaram no Paraguai por meio do Indústria Sem Fronteiras. Então o grande objetivo é fortalecer a indústria. Eu defendo a indústria viva, não importante onde, desde que ela gere emprego e renda para a população”, completou.

 

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Terça começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto da capital
Geral
Morte de Lanzarini causa comoção no mundo político
Geral
Mulheres do MS passam média nacional e ocupam 38% dos negócios
Geral
Falece o ex-prefeito Dirceu Lanzarini
Geral
Finalizada: Procon-MS divulga pesquisa de preços de combustíveis
Geral
Lanzarini será transferido para Campo Grande
Geral
Na mesa de operação, ex-prefeito Dirceu Lanzarini luta pela vida
Geral
Refis seguirá com descontos do programa após o feriado
Geral
Riedel diz que “iniciativas garantem eficiência da segurança “
Geral
Senador Cid Gomes recebe alta e continua reabilitação em casa

Mais Lidas

Cidade
Confira quais serviços funcionam nesta terça-feira de Carnaval
Geral
Terça começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto da capital
Economia
Bancos passam a cobrar dólar do dia da compra com cartão
Cidade
Passarela do samba está pronta para o primeiro dia de desfile