Menu
Busca domingo, 18 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Marquinhos empossa novos membros do Conselho Municipal do Idoso

Os representantes tem como um dos objetivos assegurar o direito dos idosos

01 fevereiro 2019 - 18h13Da redação com assessoria

Tomaram posse nesta sexta-feira (1º) os 29 membros, sendo 17 titulares e 12 suplentes, representantes de órgãos governamentais e entidades representativas na área de atuação na formação e defesa dos direitos do Idoso.

O Conselho Municipal do Idoso é um órgão colegiado de caráter permanente, paritário e deliberativo com a finalidade de auxiliar o Poder Público na orientação, no planejamento interpretação da matéria de sua competência acompanhando, supervisionando, divulgando fiscalizando e avaliando a Política Municipal do Idoso.

Em funcionamento desde agosto de 2005, o prefeito Marquinhos Trad explicou que o CMI tem como uma de suas atribuições, propor aos Poderes Executivo e Legislativo a execução de programas e projetos, que visem assegurar os direitos dos Idosos.

“Vocês terão a missão de pensar políticas para assegurar o direitos dos idosos. Então é um trabalho muito importante e que deve ser feito com muita responsabilidade”, disse Marquinhos Trad.

Para o secretário municipal de Assistência Social, José Mário Antunes, afirmou que o CMI é muito importante por acompanhar, fiscalizar e normatizar o serviço que beneficiam os idosos.

“É muito importante a participação deste Conselho e sua atuação, são eles que nos ajudam a aperfeiçoar o atendimento, o trabalho e a fiscalização das entidades. Fortalecendo a política para os idosos, contribuindo para que cumpramos o que o prefeito Marquinhos Trad sempre prega que é a humanização dos serviços”, disse.

O CMI tem como um de seus desafios primordiais integrar suas ações com a Sociedade, na medida do possível, buscando reunir ações e projetos que estejam em andamento e nos projetos que serão desenvolvidos na área da cidadania em que os Idosos possam se interagir, como por exemplo: na área da Criança e do Adolescente, no Trabalho, Emprego e Renda, Assistência Social, Saúde, Transporte, Educação, Habitação, Acessibilidade, Cultura, Comunicação, entre outros.

Para Maria Abdala, representante da sociedade civil no Conselho Municipal do Idoso, o CMI representa a sociedade na garantia das políticas pública do idoso. “Ele quem direciona os fundos e garante essas políticas públicas”, explicou.

O Conselho Municipal do Idoso foi criado pela Lei n. 3.329, de 12 de maio de 1997, regulamentado pelo Decreto n. 9.275, de 10 de maio de 2005, alterado pelo Decreto n.9.952, de 10 de maio de 2007.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Hospital Regional do MS será modernizado para melhor atendimentoo
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose
Geral
Embraer divulga fotos de protótipo de avião com propulsão elétrica
Geral
Número de brasileiros presos no exterior sobe 18% em um ano
Geral
Trabalho de estudantes de MS contra violência doméstica e feminicídio ganha tela na TVE Cultura
Geral
Funsat Itinerante faz encaminhamento para emprego a emissão de CTPS
Geral
Mãe e filha de 5 anos que tiveram a casa queimada pedem doações
Geral
Trabalhador fica soterrado após desmoronamento em obra de drenagem
Geral
Detran inicia leião de veículos nesta sexta
Geral
Empresas locais apostam em troca de experiências e práticas

Mais Lidas

Cidade
AO VIVO – Emha sorteia 160 unidades habitacionais em Campo Grande
Política
PSDB tem três nomes para vice de Marquinhos
Geral
Mãe e filha de 5 anos que tiveram a casa queimada pedem doações
Polícia
BMW capota e bombeiros cortam teto para retirar vítimas