Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Geral

Médico dá dicas de como se manter aquecido neste frio

Devido às temperaturas baixíssimas que estão atingindo o estado o JD1 traz um especialista pra te ajudar a se esquentar

29 julho 2021 - 14h22Sarah Chaves

Para enfrentar o frio e ficar confortável em casa neste inverno, o JD1 Notícias pediu conselhos de um especialista médico e trouxemos algumas sugestões e um tripé de cuidados pode ser seguido, estar bem agasalhado, manter o ambiente aquecido e manter uma alimentação balanceada.

O médico otorrinolaringologista e coordenador do curso de Medicina da Uniderp, Dr. Alexandre Cury ressaltou que o frio e o tempo seco são dois problemas que potencializam as doenças respiratórias, como sinusite, bronquite, pneumonia e gripes em geral. Segundo ele os ambientes fechados nessa época são uma faca de dois gumes, pois apesar de proteger do frio é ali que se reproduzem com mais facilidade vírus e bactérias que podem provocar doenças. 

“A gente acaba ficando em ambientes fechados como no trabalho, onde fica sem muita circulação de ar, porque se a gente abre uma janela, morre de frio. Neste clima, mesmo quando estamos agasalhados, interfere no bem-estar para quem tem problemas de articulação. Nossa articulação fica mais rígida, para tentar ajudar, temos que pensar em um tripé. Estar bem agasalhado, deixar o ambiente aquecido e ter uma boa alimentação até como uma medida até de prevenção para que a gente não venha a ficar doente” o médico indica sucos de vitaminas, como o suco de laranja, rico em vitamina C.

Já na parte de vestimenta, é importante lembrar-se de usar primeiro uma sobre-pele, por baixo de uma roupa aquecida, e depois um casaco que corte o frio, pois algumas pessoas, em sua maioria homens, usam apenas camiseta por baixo do casaco, esquecendo de proteger principalmente a região do peito destacou o Dr. Cury.

As bolsas de água morna também são recomendadas, principalmente para aquelas pessoas que sentem um pouco mais de dor nas articulações. Também existe a opção de bolsas de gel, que podem ser tanto resfriadas como aquecidas, dependendo da necessidade da pessoa, é pequena e pode esquentar as mãos depois de alguns segundos no micro-ondas.

Ambiente

Em casa algumas peças podem contribuir com o aquecimento, ou até mesmo sensação de “aconchego”, como as lâmpadas halógenas ou incandescentes que possuem elementos halogênios, como iodo ou bromo. As lâmpadas halógenas são mais usadas em decorações ou em iluminação indireta, e dissipam bastante calor e realmente esquentam os ambientes.

Outra ideia, também não muito cara, é a utilização de tapetes felpudos que ajuda a aquecer principalmente ambientes com piso frio. Já as paredes revestidas com papéis de parede mantêm melhor o aquecimento interno dos ambientes. E até é sugerido o uso de cortinas e persianas nas janelas além de velas aromáticas, que podem proporcionar um aroma ao ambiente, e vão trazer um pequeno aquecimento.
 

 
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SMS de pesquisa de satisfação da empresa Energisa deixa usuários em dúvida
Geral
Surdos defendem Libras como segundo idioma oficial do Brasil
Geral
Mulher com doença rara, morre após receber diagnósticos errados
Geral
'Zé Calango' tem mal súbito e morre enquanto pilotava moto
Geral
Empresa de limpeza conserta moto após homem alegar que funcionários danificaram veículo
Geral
Motociclista morre após bater em uma capivara morta na pista
Geral
Você viu o Noah? Família procura por gato desaparecido há 60 dias
Geral
Homem alega ter moto danificada por empresa de limpeza em Campo Grande
Geral
Seis meses depois da morte do filho, Armando Anache morre aos 91 anos
Geral
Prefeitura de Campo Grande inicia campanha para inibir a doação de esmolas

Mais Lidas

Geral
Vídeo: "Peixe de bosteiro", morador de rua engana população de Paranaíba
Polícia
Menino de 2 anos mata prima atropelada após dar partida em carro
Polícia
Funcionários da Energisa ficam sob mira de arma ao tentar podar árvores na Vila Olinda
Polícia
Operação “Dark Money” investiga desvio de R$ 23 milhões no esquema de corrupção em Maracaju