Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Geral

Militares e agentes de saúde iniciam operação contra nova epidemia de dengue

17 janeiro 2011 - 11h25
Um efetivo de 100 militares do Exército, acompanhados de 50 agentes de saúde da prefeitura, sairá às ruas da Capital a partir de amanhã (18) para mais uma campanha de combate à dengue, a quarta realizada me parceria no município. Os militares - voluntários de 5 batalhões da Capital - iniciaram o treinamento na manhã desta segunda-feira. Durante a operação, serão responsáveis por passar informações aos moradores e vasculhar locais em busca de focos do mosquito Aedes Aegipt. As equipes saem às ruas com duas missões difíceis: conter a disseminação do vírus tipo 4 da dengue, que entrou em julho do ano passado no Brasil por Roraima e conscientizar a população sobre o combate ao mosquito. Como o tipo 4 é um vírus novo, a falta de imunidade pode gerar casos graves de dengue. Já a falta de ação da população é o grande obstáculo. Segundo a prefeitura, 92% da população da Capital não toma qualquer tipo de atitude de combate ao mosquito. Um vírus novo, aliado a um combate falho ao mosquito, pode gerar uma nova epidemia, admite a prefeitura. De acordo com a Secretaria de Saúde, que coordena a operação, cada equipe contará com dois militares e um agente de saúde. Serão atendidos todos os bairros de Campo Grande, já que de acordo com o último levantamento da Sesau, a Capital possui incidência de mosquitos em todas as regiões. Segundo o gerente técnico do Serviço de Controle de Vetores, Alcides Ferreira, os militares receberão no curso todas as informações sobre o mosquito e a doença, para informarem a população e tentar angariar “aliados” ao combate de focos. Já os agentes atuarão na parte técnica, usando inseticidas e analisando informações repassadas pelos moradores. A operação de guerra contra a dengue começa amanhã nos bairros Itamaracá, Noroeste, Guanandi, São Francisco e São Conrado, apontados como alguns dos mais afetados por focos do mosquito e notificações no ano passado. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Justiça estende auxílio a produtores e pescadores da região de Mariana
Geral
Dez dias após o irmão, médico Joel Peixoto morre de Covid
Geral
Procon já tem 462 reclamações em 2021; maioria é das empresas de água e luz
Geral
Famílias denunciam sumiço de aliança e dentes de ouro de pacientes no Hospital Regional
Geral
Chuva derruba árvore e cerca no Parque dos Poderes
Geral
Para incentivar a doação de medula óssea e sangue, Carlão vai correr e pedalar 800 km
Geral
Governo licita materiais didáticos impressos e online para rede estadual
Geral
Vídeo: "Peladão" é filmado em praça durante a chuva
Geral
Governo federal reconhece situação de emergência em 9 municípios
Geral
Vídeo - Influencer que "pregava" aglomerações está intubada com covid

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio