Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Ministério cancela 547 carteiras de pescadores de MS

29 abril 2011 - 05h12Arquivo

O Ministério da Pesca e Aquicultura cancelou somente em 2011, 547 carteiras de pescador profissional em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, ficaram sem validade este ano 86.917documentos, segundo balanço apresentado pela ministra da pasta, Ideli Salvatti.

Os cancelamentos são resultados do cruzamento de dados do Registro Geral de Pescadores Profissionais com o Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS. Entre os motivos estavam vínculo empregatício, óbito e recebimento de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Durante o levantamento foi constatado que 354 dos inscritos recebiam algum tipo de benefício previdenciário, 21 estavam registrados como óbitos e 172 possuíam algum tipo de vínculo empregatício.

Além de apresentar os números de carteiras canceladas, a ministra também anunciou que a partir desta quarta, o Ministério disponibiliza em sua página na internet os nomes dos pescadores profissionais ativos no Registro Geral de Pescadores (RGP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reinaldo quer solução definitiva para assoreamento no Parque das Nações
Geral
"5º Costelão do Cotolengo Sul-Mato-Grossense" acontece em abril
Geral
Massacre em Suzano completa uma semana
Geral
Prefeito e governador entregam moradias no loteamento Bom Retiro
Geral
Drogasil e Drogaria São Leopoldo são autuadas pelo Procon
Geral
Superlua poderá ser vista hoje nas américas do Sul e Norte
Geral
Representantes de TV aberta discutem novas tecnologias na Fertel
Geral
DeMolay’s serão homenageados quinta-feira, na Assembleia
Geral
PSDB Mulher cobra posição da bancada feminina no Congresso
Geral
Três vítimas do massacre em Suzano continuam hospitalizadas

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana