Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Geral

Ministério cancela 547 carteiras de pescadores de MS

29 abril 2011 - 05h12Arquivo

O Ministério da Pesca e Aquicultura cancelou somente em 2011, 547 carteiras de pescador profissional em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, ficaram sem validade este ano 86.917documentos, segundo balanço apresentado pela ministra da pasta, Ideli Salvatti.

Os cancelamentos são resultados do cruzamento de dados do Registro Geral de Pescadores Profissionais com o Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS. Entre os motivos estavam vínculo empregatício, óbito e recebimento de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Durante o levantamento foi constatado que 354 dos inscritos recebiam algum tipo de benefício previdenciário, 21 estavam registrados como óbitos e 172 possuíam algum tipo de vínculo empregatício.

Além de apresentar os números de carteiras canceladas, a ministra também anunciou que a partir desta quarta, o Ministério disponibiliza em sua página na internet os nomes dos pescadores profissionais ativos no Registro Geral de Pescadores (RGP).

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Viagem com cães e gatos para a Argentina é autorizada nesta segunda
Geral
Sanesul mantém suspenso corte de água para famílias de baixa renda
Geral
Há 4 km do destino, homem perde controle da moto em curva, cai e morre
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá
Geral
Nenhum ganhador: Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 11 milhões
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Geral
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
Geral
Motoboys protestam em frente a condomínio de homem que humilhou entregador
Geral
Após atitude racista, usuário é banido do Ifood

Mais Lidas

Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus
Polícia
Após arrumar confusão em boate, carreteiro foge e é preso embriagado
Saúde
A confusão de sempre - Outra pesquisa diz que transporte público é seguro
Saúde
Médico diz que aulas devem esperar