Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS Janeiro/21 juizado de transito
Geral

Ministério da Integração e Seprotur definem metas do FCO para 2011

31 março 2011 - 09h58
Campo Grande (MS) - A Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur) e a Secretaria de Desenvolvimento do Centro Oeste, órgão do Ministério da Integração Nacional, realizaram nesta quarta-feira (30), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, uma reunião de trabalho para debater sobre o desempenho e perspectivas do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) no Estado. O encontro entre a coordenação nacional do FCO e representantes das diversas instituições de Mato Grosso do Sul foi aberto pelo secretário adjunto da Seprotur, Paulo Engel, que apresentou as perspectivas de desenvolvimento de Mato Grosso do Sul para os próximos 4 anos e destacou o papel do FCO como instrumento de apoio. “O FCO é de fundamental importância para a viabilização de investimentos no setor produtivo do nosso Estado. Através dessa linha de crédito estamos vendo, por exemplo, o crescimento do setor industrial”. Paulo Engel também mostrou aos presentes o plano de metas para o período de 2011 a 2014 , as parcerias necessárias e os gargalos ainda existentes para alcançar essas metas. O diretor de promoção de investimentos do FCO do Ministério da Integração Nacional, Cléber Ávila, mostrou aos presentes as prioridades do fundo para 2011, entre elas , o tratamento diferenciado para tomadores de menor porte. Ávila anunciou, em primeira mão, a aprovação na última semana, de uma linha de crédito específica para os empreendedores individuais. “O acesso dessas pessoas ao crédito é de suma importância para a inclusão delas no sistema produtivo”, enfatizou. Cléber Ávila também apresentou detalhadamente os critérios adotados para a distribuição dos recursos do FCO e lembrou que Mato Grosso do Sul teve o maior índice de crescimento em volume de contratações no ano passado – 370,3%. Para 2011, os recursos alocados para o Estado, devem alcançar R$ 1,2 bilhão. As primeiras contratações do ano já atendem diversos municípios com um volume de recursos da ordem de R$ 160 milhões. O diretor de promoção e investimentos também falou sobre duas importantes novidades – a instalação da Sudeco e o Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste , o FDCO. Além do debate interno durante todo o dia de hoje, nesta quinta-feira (31) o Dirigente de Promoção de Investimentos do Ministério da Integração, Cléber Ávila, e a Coordenadora Geral do FCO, Helen Cássia, vão se deslocar entre os municípios de Campo Grande, Sidrolândia e Maracaju, visitando empreendimentos apoiados pelo Fundo no Estado. Fonte: Notícias MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo do Rio cria carnaval fora de época
Geral
Lewandowski determina que governo federal forneça oxigênio e insumos a hospitais de Manaus
Geral
"Vai com bum bum tam tam, viva o Butantan!": MC Fioti grava clipe sobre a CoronaVac
Geral
COVID: Itália proíbe voos brasileiros e orienta viajantes
Geral
Doguinho tem rins e fígado afetados após ser picado por escorpião e família pede ajuda
Geral
TJ ganha reconhecimento facial
Geral
Vídeo: Mentora fitness corre de biquíni na Afonso Pena
Geral
Defensoria Pública de MS pretende evitar prisões irregulares
Geral
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 13 milhões no sábado
Geral
Polícia Federal abre concurso com 1.500 vagas

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio