Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Geral

Moro autoriza uso da Força Nacional para apoiar Ministério da Saúde

Texto afirma que autoridades vão auxiliar a pasta no combate e prevenção ao novo coronavírus até 28 de maio deste ano

31 março 2020 - 12h32Priscilla Porangaba, com informações do O Globo

O ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o uso da Força Nacional para apoiar Ministério da Saúde em todo o território nacional.

A determinação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na segunda-feira (30). 

Segundo o texto, a Força Nacional pode ser empregada para apoiar ações da pasta na prevenção e combate ao coronavírus até o dia 28 de maio de 2020, prazo que pode ser prorrogado. 

Entre as ações, são autorizadas o auxílio aos profissionais da área de saúde, reforço nas medidas de segurança, garantia de distribuição de alimentos e produtos de higiente, entre outras. 

O texto determina que as ações devem ser coordenadas com os governos estaduais. 

  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Ipê é oficialmente árvore símbolo do Estado
Geral
Morador reclama de vazamento de água no Arnaldo Estevão de Figueiredo
Geral
Calamidade pública poderá ser declarada em mais três cidades de MS
Geral
Senado aprova PL que proíbe corte de água e energia aos finais de semana
Geral
Procon-MS pede explicação ao Consórcio Guaicurus sobre "precariedade" em linhas de ônibus
Geral
“Nem vibradores podem acender”, diz Valdir Gomes sobre conta de energia
Geral
“Descaso”, dizem vereadores sobre transporte público na pandemia
Geral
"O inimigo comum é o coronavírus", diz Reinaldo na CNN
Geral
Morre de coronavírus a mãe de criação da funkeira Jojo Todynho
Geral
Unimed distribui mais de 9 mil máscaras à clientes e colaboradores

Mais Lidas

Política
Prefeitos querem adiar eleições municipais para 2022
Geral
Ipê é oficialmente árvore símbolo do Estado
Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio à pandemia, é sociopata”, diz procurador-geral
Política
"Fui gado, comi capim", diz deputado ex-bolsonarista