Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Geral

Morre advogado Evandro Bandeira

Jurista conceituado, Bandeira morreu devido a problemas cardíacos

07 agosto 2020 - 07h56Da Redação

Faleceu nessa madrugada de sexta-feira (7) devido a problemas cardíacos o advogado Evandro Bandeira, com 76 anos. 

Figura renomada no meio jurídico, Bandeira veio a óbito no Hospital do Coração, na rua Marechal Rondon. Bandeira era natural de Aquidauana e foi secretário no iniciou da gestão de Marquinhos Trad e colaborador do JD1 com vários artigos.   

Inscrito na  Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB- MS) em 1977, ainda Mato Grosso uno, com a carteira 1.861, Doutor Evandro é natural de Aquidauana. Deixa cinco filhos, todos de carreira jurídica.

Bandeira foi o único do Estado, apoiado pela OAB-MS, a disputar uma posição na lista sêxtupla do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para preencher vaga de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2007, vaga essa destinada à advocacia pelo quinto constitucional.Também esteve à frente da Secretaria de Controle, Fiscalização e Transparência da Prefeitura de Campo Grande em 2017.

 velório será às 14 horas no Cemitério Parque das Primaveras, localizado na Av. Sen. Filinto Müler, 2211 no Jardim Parati, restrito a poucos familiares e amigos devido à pandemia. Em mesmo local ocorrerá o sepultamento.

Nota OAB-MS

É com enorme pesar que a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB-MS), informa o falecimento do Ex-Conselheiro Federal Evandro Ferreira de Viana Bandeira, Para o Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, a consternação é muito grande. “Doutor Evandro foi um grande advogado, de enorme respeito na comunidade jurídica brasileira. Ele deixa um legado de luta, enfrentamento e de coragem, como poucos advogados já tiveram. Não se deixava esmorecer por nenhuma situação, enfrentava, combatia, defendendo o que entendia como justo. É uma grande perda para advocacia sul-mato-grossense e brasileira”.

O falecimento de Evandro, para a Advogada e ex-Conselheira Estadual da OAB/MS, Mônica Barros Reis, “é uma perda inestimável para o mundo jurídico e para a cidadania. Advogado combativo e de renome no Estado, sua banca tinha mais de cinco décadas. Trabalhei com ele no início da carreira e posso atestar que era um verdadeiro mestre, com conhecimento impecável do Direito e muito amor à profissão. Além de tudo, era um homem afável, culto, polido e bem relacionado, que amava a arte e a família. Meus sentimentos à família. Evandro vai fazer muita falta, mas celebraremos o seu legado”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
MS aumenta rigor e autuações contra queimadas já superam ano de 2019
Geral
Pré-candidato na capital, Renato Branco morre em decorrência da Covid-19
Geral
Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 43 milhões na quarta-feira
Geral
Fernando e Sorocaba fazem live neste domingo; confira outros artistas
Geral
Na pandemia, Thomaz Lanches descobre evasão de 20%
Geral
Luísa Sonza está sendo processada por suposto ato racista
Geral
Live com presidente do TRE abre cobertura das eleições no JD1
Geral
Morador de MS recebe sementes misteriosas da China e governo emite alerta
Geral
Mariano e Jake protagonizam beijo "morno" durante festa em "A Fazenda"
Geral
Prêmio acumulado de R$ 36 mi da Mega-Sena será sorteado neste sábado

Mais Lidas

Geral
MS aumenta rigor e autuações contra queimadas já superam ano de 2019
Polícia
Queda de árvore queimada em rodovia causa acidente que deixa 12 mortos
Clima
Chuva foi pequena, mas ocorreu em 21 municípios de MS
Vídeos
AO VIVO: Acompanhe a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS