Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Mulher vai a centro de diagnóstico para fazer ressonância e morre

11 novembro 2011 - 10h55Aliny Dias

Uma mulher de 50 anos morreu na manhã de quinta-feira (10) em um centro de diagnóstico de Campo Grande. Ela estava no local para fazer uma ressonância magnética. Segundo a direção do estabelecimento, a cliente teve um mal súbito seguido de parada cardíaca, antes de fazer o exame. Já, conforme a família, a mulher passou mal já dentro do aparelho, quando realizava a ressonância.

A família da vítima disse que a mulher deu entrada em uma maternidade da capital na tarde de terça-feira (8) passada, com dores pélvicas. O médico responsável pela paciente, o mastologista Jesumar Modesto, teria realizado o pedido de uma ressonância abdômen total para investigar as causas das dores.

O exame foi marcado pela própria maternidade para a manhã desta quinta-feira, segundo a família da vítima. Como a maternidade, conforme os familiares da mulher, não possuía, naquele momento, uma ambulância para transportar a paciente, ela foi levada de carro para o centro de diagnóstico para fazer o exame.

Segundo o diretor administrativo do centro de diagnóstico, Odicleves Pucks, a mulher deu entrada no local com a saúde debilitada e foi encaminhada diretamente para uma sala de repouso. "Como ela estava suando muito e passando mal o exame foi cancelado e foram prestados os primeiros socorros", explica ele.

Pucks diz que depois foram acionados socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de um plano de saúde. Ela chegou a receber um novo atendimento, mas não resistiu e morreu no local.

Uma prima da mulher, que a acompanhou no exame, contou uma versão diferente da apresenta pelo centro de diagnóstico. Conforme ela, a paciente passou mal após entrar no aparelho para fazer a ressonância. "Ela já tinha entrado no tubo quando começou a passar mal, os enfermeiros viram que ela não estava bem e foram atender".

O diretor do centro de diagnóstico disse que a causa da morte da mulher será investigada. Um médico do local disse à família que a parada cardíaca pode ter sido uma consequência de um acidente vascular cerebral (AVC), de uma embolia pulmonar ou de um enfarto.

A família ainda não decidiu se vai acionar a polícia para investigar a morte da mulher.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Hospital Regional do MS será modernizado para melhor atendimentoo
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose
Geral
Embraer divulga fotos de protótipo de avião com propulsão elétrica
Geral
Número de brasileiros presos no exterior sobe 18% em um ano
Geral
Trabalho de estudantes de MS contra violência doméstica e feminicídio ganha tela na TVE Cultura
Geral
Funsat Itinerante faz encaminhamento para emprego a emissão de CTPS
Geral
Mãe e filha de 5 anos que tiveram a casa queimada pedem doações
Geral
Trabalhador fica soterrado após desmoronamento em obra de drenagem
Geral
Detran inicia leião de veículos nesta sexta
Geral
Empresas locais apostam em troca de experiências e práticas

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Motociclista bate em ônibus e morre no local
Internacional
Homem bomba mata 63 pessoas em festa de casamento
Polícia
Polícia encontra ponto de venda de drogas em falsa empresa de reciclagem
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose