Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Geral

Mulher vai a centro de diagnóstico para fazer ressonância e morre

11 novembro 2011 - 10h55Aliny Dias

Uma mulher de 50 anos morreu na manhã de quinta-feira (10) em um centro de diagnóstico de Campo Grande. Ela estava no local para fazer uma ressonância magnética. Segundo a direção do estabelecimento, a cliente teve um mal súbito seguido de parada cardíaca, antes de fazer o exame. Já, conforme a família, a mulher passou mal já dentro do aparelho, quando realizava a ressonância.

A família da vítima disse que a mulher deu entrada em uma maternidade da capital na tarde de terça-feira (8) passada, com dores pélvicas. O médico responsável pela paciente, o mastologista Jesumar Modesto, teria realizado o pedido de uma ressonância abdômen total para investigar as causas das dores.

O exame foi marcado pela própria maternidade para a manhã desta quinta-feira, segundo a família da vítima. Como a maternidade, conforme os familiares da mulher, não possuía, naquele momento, uma ambulância para transportar a paciente, ela foi levada de carro para o centro de diagnóstico para fazer o exame.

Segundo o diretor administrativo do centro de diagnóstico, Odicleves Pucks, a mulher deu entrada no local com a saúde debilitada e foi encaminhada diretamente para uma sala de repouso. "Como ela estava suando muito e passando mal o exame foi cancelado e foram prestados os primeiros socorros", explica ele.

Pucks diz que depois foram acionados socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de um plano de saúde. Ela chegou a receber um novo atendimento, mas não resistiu e morreu no local.

Uma prima da mulher, que a acompanhou no exame, contou uma versão diferente da apresenta pelo centro de diagnóstico. Conforme ela, a paciente passou mal após entrar no aparelho para fazer a ressonância. "Ela já tinha entrado no tubo quando começou a passar mal, os enfermeiros viram que ela não estava bem e foram atender".

O diretor do centro de diagnóstico disse que a causa da morte da mulher será investigada. Um médico do local disse à família que a parada cardíaca pode ter sido uma consequência de um acidente vascular cerebral (AVC), de uma embolia pulmonar ou de um enfarto.

A família ainda não decidiu se vai acionar a polícia para investigar a morte da mulher.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo: Nativas pega fogo, mas incêndio já está controlado
Geral
Jovem de 24 anos morre 73 dias depois de acidente de trânsito
Geral
Mulher recusa atendimento após capotar veículo na BR-060
Geral
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
Geral
Marcelo Bertoni, será o novo presidente da Famasul
Geral
Carreta da Justiça retoma atendimentos nesta segunda-feira
Geral
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
Geral
PF pede indiciamento de Trutis em quatro crimes após concluir que ele simulou atentado
Geral
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões em sorteio deste sábado
Geral
Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em fevereiro

Mais Lidas

Polícia
Mulher é levada para dentro da mata por bandidos e morta com tiro na cabeça
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS