Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Mulheres achadas degoladas no bairro Tijuca não tinham passagens na polícia

02 dezembro 2010 - 07h01
As cabeleireiras Regina Bueno França, 40 e Cláudia de Araújo Mugnaine, 34, achadas mortas ontem (1º) à tarde em uma casa no bairro Tijuca, em Campo Grande, não tinham passagens na polícia, conforme rumores surgidos na internet na manhã de hoje. Segundo informou a assessoria da Polícia Civil. Os corpos das duas foram localizados em cômodos diferentes e apresentavam sinais de degolamento, segundo a polícia. Investigadores do caso não crêem que os crimes tenham ligação com roubo, já que os pertencentes das vítimas, inclusive um carro, não foram mexidos. Regina, segundo informado pela assessoria do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), é citada em três processos judiciais: em 2005, em 2007 e 2008. E ela, que estudava Direito, aparecia como vítima num caso de violação de domicílio e duas vezes como testemunha em uma questão de roubo e noutra por falsificação de documento público. Já Cláudia Mugnaine, segundo a assessoria do TJ-MS, não aparecem em nenhum processo judicial. A assessoria de imprensa da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul também informou que não há registros indicando que as duas mulheres foram detidas em alguma circunstância aqui no Estado. A assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) também disse que as duas mulheres assassinadas não passaram por unidades carcerárias do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Agências da Caixa abrirão no sábado para saques do auxílio
Geral
Carrefour é autuado por vender mais de 50 produtos vencidos
Geral
Felipe Dylon elogia governo e diz que "Bolsonaro tem uma pegada boa"
Geral
Bolsonaro diz que ação contra fake news é para censurar mídias sociais
Geral
Teste de coronavírus dá negativo e Aracy Balabanian segue internada em CTI
Geral
Marquinhos anula aposentadoria de guarda condenado pela morte de Paulo Magalhães
Geral
Pais vendem rifa para arrecadar R$ 23 mil em 15 dias e pagar cirurgia de bebê
Geral
Acumulou! Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 38 milhões
Geral
Mãe de Neymar reata com modelo e compra flat para ele, diz jornal
Geral
Senado aprova aumento do salário mínimo para R$ 1.045

Mais Lidas

Polícia
Jovem é executado durante partida de futebol
Economia
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
Cidade
Prefeitura da capital realiza sorteio de apartamentos nesta sexta
Política
Paulo Corrêa tem melhor avaliação na Assembleia, diz pesquisa