Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 03
Geral

Mulheres achadas degoladas no bairro Tijuca não tinham passagens na polícia

02 dezembro 2010 - 07h01
As cabeleireiras Regina Bueno França, 40 e Cláudia de Araújo Mugnaine, 34, achadas mortas ontem (1º) à tarde em uma casa no bairro Tijuca, em Campo Grande, não tinham passagens na polícia, conforme rumores surgidos na internet na manhã de hoje. Segundo informou a assessoria da Polícia Civil. Os corpos das duas foram localizados em cômodos diferentes e apresentavam sinais de degolamento, segundo a polícia. Investigadores do caso não crêem que os crimes tenham ligação com roubo, já que os pertencentes das vítimas, inclusive um carro, não foram mexidos. Regina, segundo informado pela assessoria do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), é citada em três processos judiciais: em 2005, em 2007 e 2008. E ela, que estudava Direito, aparecia como vítima num caso de violação de domicílio e duas vezes como testemunha em uma questão de roubo e noutra por falsificação de documento público. Já Cláudia Mugnaine, segundo a assessoria do TJ-MS, não aparecem em nenhum processo judicial. A assessoria de imprensa da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul também informou que não há registros indicando que as duas mulheres foram detidas em alguma circunstância aqui no Estado. A assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) também disse que as duas mulheres assassinadas não passaram por unidades carcerárias do Estado.
Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá
Geral
Nenhum ganhador: Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 11 milhões
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Geral
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
Geral
Motoboys protestam em frente a condomínio de homem que humilhou entregador
Geral
Após atitude racista, usuário é banido do Ifood
Geral
Sikêra Jr. é condenado a pagar R$ 300 mil após ofender trans
Geral
Chica Xavier, atriz de 'Sinhá Moça' e 'Renascer', morre aos 88 anos
Geral
Após três dias de "guerra", incêndio é controlado

Mais Lidas

Economia
Com totens indicativos, produtos de MS ganham destaque nas prateleiras
Campanha “Compre de MS” busca incentivar consumo de produtos da indústria local
Saúde
Vídeo: Recém-nascido recebe alta após superar coronavírus em MS
Internacional
Polícia tenta impor distanciamento em praia e é atacada
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá