Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Geral

Nelsinho diz que projeto do IPTU ficará pronto na segunda-feira

11 dezembro 2010 - 09h19
Na solenidade de diplomação dos eleitos em 3 de outubro, que está acontecendo no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) disse que o projeto com os novos valores do IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) ficará pronto na segunda-feira (13), para que os vereadores possam analisar ainda na semana que vem. Nelsinho frisou que o reajuste não será muito diferente do percentual decretado no ano passado, com variações de 7,5% a 8%. Para manter o elevado índice de adimplência, a prefeitura aposta nos prêmios e para estimular o pagamento à vista continuará fazendo sorteios especiais para os que optarem pela quitação. “Deve haver muita parcimônia na questão do reajuste, mas não será diferente muito diferente do valor cobrado hoje”, afirmou o prefeito. Taxa de água e esgoto - Sobre o reajuste de 8,91% no tarifa dos serviços de água e esgoto em Campo Grande, autorizado na semana passada com validade para janeiro de 2011, e que virou polêmica nos legislativos municipal e estadual, Nelsinho esclarece que os vereadores têm realmente o dever de fiscalizar o que acontece, mas “quem não deve, não teme”. O vereador Paulo Pedra (PDT) apresentou à Casa uma proposta de decreto legislativo sustando a autorização dada pela prefeitura, com a assinatura de outros três vereadores (Alcides Bernal, Clemêncio Ribeiro e Loester Nunes). A manifestação de Pedra provocou uma reação irritada do presidente da Câmara, Paulo Siufi (PMDB). Em aparte, o vereador destinou suas críticas ao deputado Marquinhos Trad (PMDB), que na sessão de terça-feira levantou a polêmica sobre o reajuste para os serviços de água e esgoto, ao apresentar requerimento à Assembleia Legislativa pedindo explicações à Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados sobre o reajuste permitido à Águas. Na Câmara foi aprovado por unanimidade requerimento para convocar o diretor executivo da concessionária Águas Guariroba, José João da Fonseca, e o presidente da agência de regulação, Marcelo Amaral, a justificar o reajuste dos serviços de água e esgoto. O objetivo é discutir o aumento da tarifa às 8 horas do dia 15 de dezembro. Fonte: CG News
Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Durante uso drogas, casal vai parar dentro de córrego no Nova Jerusalém
Geral
Mega-Sena deve pagar neste sábado R$ 26,5 milhões
Geral
Vídeo - Energisa terá até helicóptero para possível vendaval
Geral
Vídeo - "Seremos eficientes", garante Marquinhos sobre vendaval
Geral
Ministro do TSE fala sobre confiabilidade de urnas eletrônicas ao JD1 Notícias
Geral
Pfizer tem alta eficácia contra Covid em crianças, diz estudo
Geral
Depois da capital, Estado também decreta ponto facultativo dia 1° de novembro
Geral
Ao vivo: Corpo de Bombeiros fala sobre plano de prevenção para tempestade prevista no fim de semana
Geral
Você tem alguma história de terror real legal para contar? Mande para o JD1 Notícias
Geral
Trecho da Rui Barbosa será interditado durante uma semana

Mais Lidas

Clima
Áudio: Atenção - tabela do Inmet é real, não é fake
Clima
Vídeo: Força-tarefa está pronta para novo vendaval
Internacional
Alec Baldwin dispara com arma cenográfica e mata diretora de fotografia
Clima
Previsão de chuva com ventos assusta