Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Geral

Nelsinho diz que projeto do IPTU ficará pronto na segunda-feira

11 dezembro 2010 - 09h19
Na solenidade de diplomação dos eleitos em 3 de outubro, que está acontecendo no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) disse que o projeto com os novos valores do IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) ficará pronto na segunda-feira (13), para que os vereadores possam analisar ainda na semana que vem. Nelsinho frisou que o reajuste não será muito diferente do percentual decretado no ano passado, com variações de 7,5% a 8%. Para manter o elevado índice de adimplência, a prefeitura aposta nos prêmios e para estimular o pagamento à vista continuará fazendo sorteios especiais para os que optarem pela quitação. “Deve haver muita parcimônia na questão do reajuste, mas não será diferente muito diferente do valor cobrado hoje”, afirmou o prefeito. Taxa de água e esgoto - Sobre o reajuste de 8,91% no tarifa dos serviços de água e esgoto em Campo Grande, autorizado na semana passada com validade para janeiro de 2011, e que virou polêmica nos legislativos municipal e estadual, Nelsinho esclarece que os vereadores têm realmente o dever de fiscalizar o que acontece, mas “quem não deve, não teme”. O vereador Paulo Pedra (PDT) apresentou à Casa uma proposta de decreto legislativo sustando a autorização dada pela prefeitura, com a assinatura de outros três vereadores (Alcides Bernal, Clemêncio Ribeiro e Loester Nunes). A manifestação de Pedra provocou uma reação irritada do presidente da Câmara, Paulo Siufi (PMDB). Em aparte, o vereador destinou suas críticas ao deputado Marquinhos Trad (PMDB), que na sessão de terça-feira levantou a polêmica sobre o reajuste para os serviços de água e esgoto, ao apresentar requerimento à Assembleia Legislativa pedindo explicações à Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados sobre o reajuste permitido à Águas. Na Câmara foi aprovado por unanimidade requerimento para convocar o diretor executivo da concessionária Águas Guariroba, José João da Fonseca, e o presidente da agência de regulação, Marcelo Amaral, a justificar o reajuste dos serviços de água e esgoto. O objetivo é discutir o aumento da tarifa às 8 horas do dia 15 de dezembro. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Sistema de vigilância com reconhecimento facial é entregue pelo presidente do TJMS
Geral
Vídeo: Mentora fitness corre de biquíni na Afonso Pena
Geral
Defensoria Pública de MS pretende evitar prisões irregulares
Geral
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 13 milhões no sábado
Geral
Polícia Federal abre concurso com 1.500 vagas
Geral
Sindicato dos Bancários se manifesta contra reestruturação no Banco do Brasil
Geral
Vídeo: morador reclama de posto de saúde do Aero Rancho após chuva
Geral
Avião da FAB chega a Manaus com oxigênio para abastecer hospitais
Geral
Vídeo: tentativa de suicídio interditou pontilhão da Afonso Pena nesta manhã
Geral
Sinpetro pede prioridade a frentistas na vacinação contra a Covid-19

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio