Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Nelsinho Trad diz que desconhece investigação contra Águas Guariroba

02 junho 2010 - 09h00Diego Alves
O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, do PMDB, disse nesta manhã que nada sabe sobre o inquérito civil aberto pelo MPE (Ministério Público Estadual) acerca das supostas irregularidades nos reajustes aplicados pela Águas Guariroba. O tarifaço estaria sendo praticado há uma década, desde que o sistema de água e esgoto da cidade saiu do domínio do município. Esse assunto foi tratado na edição de hoje do jornal Correio do Estado. A assessoria de imprensa do MPE informou hoje cedo ao Midiamax que o inquérito é conduzido pelo promotor de Justiça Luiz Eduardo Lemos de Almeida, que aguarda o resultado de uma perícia que acusa se houve superfaturamento nos reajustes para ver se transforma ou não o inquérito em ação civil pública. A suspeita é de a Águas impôs reajustes maiores dos que os fixados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Se o caso for comprovado e a Justiça acatar a denúncia do MPE, a concessionária terá de devolver o cobrado a mais dos consumidores. Questionado sobre a suposta irregularidade, o prefeito disse hoje que a concessionária “sempre agiu com responsabilidade”, mas que ia pedir uma cópia do inquérito movido pelo MPE. Por se tratar de concessionária, é a prefeitura quem autoriza os reajustes das tarifas de água e esgoto. Em setembro passado, o município validou o último aumento. A Águas Guariroba assumiu o serviço de distribuição de água e tratamento de esgoto em 2000 e o acordo expira em 2030. A empresa possui cadastrados 282 mil clientes. Em nota emitida ao Correio do Estado, a Águas informou que os reajustes aplicados são fiscalização pela Agência de Regulação, órgão do município. (Com informações Midiamax)
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Corumbá recebe duas aeronaves para auxiliar as equipes nos combates a incêndio
Geral
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
Geral
Nota MS Premiada terá o 8° sorteio de R$ 300 mil nesta quarta
Geral
Outubro pode começar sem toque de recolher
Geral
Vídeo: "Homem enfiando no c* do outro não é de Deus”, diz mulher ao ameaçar casal gay
Geral
Capital perde Pierre Adri
Geral
Super salário é a "cruz" para Harfouche na campanha
Geral
Empresa cria aplicativo para detectar incêndios e desmatamento
Geral
Homem visita academia, passa mal e morre em Campo Grande
Geral
MP e Fiems unem-se contra compra de votos

Mais Lidas

Cidade
Lei que prevê multas e punições para quem passar trote no 190 e 193 foi sancionada hoje
Justiça
Bolsonaro sanciona lei sobre maus-tratos a animais acompanhado do pitbull Sansão em Brasília
Polícia
Jovem é assassinada com oito tiros na Capital
Cidade
Funsat Itinerante vai atender na Vila Popular nos dias 01 e 02 de outubro