Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Geral

Novo sistema realizará pagamento instantâneo independente do horário

O Banco Central lançou a nova plataforma que possibilitará transações instantâneas independente da data e horário

19 fevereiro 2020 - 14h52Jônathas Padilha, com informações da Agência Brasil

O Banco Central lançou nesta quarta-feira (19) em São Paulo o PIX, um sistema de pagamentos e transferências instantâneos que pode ser feito em qualquer dia e sem limite de horário. O sistema estará disponível para toda o Brasil a partir de novembro.

De acordo com o chefe adjunto do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do BC (Decem), Carlos Eduardo Brandt, com o PIX, ao efetuar o pagamento ou transferência, o dinheiro entrará imediatamente na conta. “Além das funcionalidades que estarão disponíveis em novembro, já estão no radar evoluções importantes como o pagamento por aproximação”, disse.

Segundo o Banco Central, o intuito é facilitar e agilizar os pagamentos e transferências entre pessoas, empresas e entes governamentais. O novo sistema será mais uma alternativa para efetuar transações, além do TED, DOC, boleto, cheque e cartões.

As transações poderão ser feitas através de um QR Code ou a partir da inserção de informações simples como, número de celular, e-mail, CPF ou CNPJ.

Para usar o PIX, será preciso que pagador e recebedor tenham conta em banco, instituição de pagamento ou em uma fintech. A conta não precisa ser apenas corrente, já que as transações poderão ser feitas usando uma conta de pagamento ou de poupança.

A data ou horário não terá importância, nem se o solicitante e o recebedor da operação têm o mesmo banco ou instituição, a liquidação será imediata.

QR Code

Existirão dois tipos de QR Code para as transações, um estático para produtos de valores fixos e outro dinâmico que pode ser usado para pagamento de uma compra em supermercados e outras possibilidades.

Competição de mercado

O diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do BC, João Manoel Pinho de Mello, acredita que o novo serviço estimulará uma competição no mercado de pagamentos para redução dos custos e melhoria na qualidade dos serviços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Odontologia e harmonização orofacial terão live daqui a pouco
Geral
Vídeo de "barulho estranho no céu" assusta e intriga internautas
Geral
Coronavírus: DF e mais 4 estados podem ter "aceleração descontrolada" de casos
Geral
Caixa lançará aplicativo para cadastro em renda emergencial na terça
Geral
Coronavírus: Casais só poderão se divorciar em junho na Rússia
Geral
Ajude a encontrá-la: Letícia Praeiro sumiu há dois dias no Cohab
Geral
Uems realizará campanha de doações à famílias vulneráveis
Geral
Detran muda calendário e prorroga o vencimento da taxa de licenciamento
Geral
Você viu Reinaldo? Idoso desapareceu de casa há cinco dias
Geral
Mistura de arroz com feijão na mesa dos brasileiros cai 40% em 15 anos

Mais Lidas

Política
Eleições - Levantamento aponta renovação de 50% na Câmara da capital
Polícia
Dupla não respeita toque de recolher foge pela contramão e é presa
Internacional
EUA são acusados de desviar equipamentos que iriam para Brasil, Alemanha e França
Brasil
Brasil tem 431 mortes e 10.278 casos confirmados de coronavírus