Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Novembro20 Juizado de transito
Geral

O ridículo fake news contra o jornalista Carlos Voges

O jornalista já sabe dos autores, e processará também os que estão propagando a mensagem em grupos

20 novembro 2020 - 09h34Da redação

Um texto apócrifo atribuído ao jornalista Carlos Voges correu por grupos de WhatsApp na manhã desta sexta-feira (20). No "texto" que se denomina "carta testamento", Vogues faria uma espécie de auto extrema-unção, se penitenciando de erros e excessos "cometidos" em sua carreira.

Não foi difícil perceber que se tratava de um fake. Nas mídias sociais e no blog do conhecido jornalista, nenhuma referência ao fato.

As linhas mentirosas falam em morte próxima por AIDS, o que não é comum nos dias atuais. Atribuem também ao autor o vício do crack, o que é quase impossível para quem tem uma vida profissional normal. 

Em contato com o jornalista, Voges afirmou ao JD1 Notícias, onde já teve uma coluna, que a carta é uma “piada”. “As pessoas que me conhecem sabem que essa carta é ridícula, com um conteúdo chulo, e um texto mal escrito e sem fundamento”, falou.

Ainda segundo Voges, ele já procurou a polícia e está tomando todas as medidas judiciais para processar tanto o autor da fake news quanto as pessoas que estão difundindo a mensagem falsa. E ele ressalta que já sabe quem está por trás do conteúdo. “É coisa de gente desocupada, um desafeto que ficou incomodado com uma nota que eu dei e partiu de pessoa que ocupa cargo importante no poder público”, fez questão de frizar o jornalista.

A nota citada por Carlos Voges se refere a uma denúncia de “falcatrua” no serviço público, segundo ele.

O episódio mostra também, o quanto as fakes news precisam ter mecanismos de rastreamento. A nova lei que tenta controlar esses absurdos patina no congresso, pois setores que utilizam o mecanismo para atacar adversários, são contra qualquer possibilidade de rastreio, por ferir a “privacidade” e a “liberdade de expressão”. Quando familiares e amigos forem as vítimas de ações como essa, talvez mudem de ideia.

Conheça o texto falso

Eu, Carlos Voges , blogueiro, descobri no mês de outubro deste ano que sou HIV positivo. Como sou dependente químico, e levo uma vida promiscua  desregrada,  não terei muito tempo de vida. Neste momento, vendo a morte de perto, quero publicamente pedir desculpa a todos aqueles que tentei prejudicar, a maioria que ofendi e difamei foi por dinheiro. Quero começar a me desculpar com o ex-governador, votei nele e sempre tive grande admiração. Passei muita dificuldade e como dependente de craque, aceitava qualquer trocado,  por R$ 200 que me pagassem eu falava mal das pessoas  no meu blog. Depois comecei a ganhar fama, com isso eu continuei a faturar falando mal das pessoas, muitas delas, pessoas do bem que hoje quero pedir perdão.
Ao ex-prefeito, peço perdão também, que pago pelo grupo do outro ex-prefeito fiz uma série de acusações contra ele, e quando mais precisei foi ele que me ajudou, pois,  todo mês eu recebia uma mesada, que me garantia o mínimo para comer e sustentar meu vício com drogas e os garotos de programa que eu contratava, mesmo assim não tive escrúpulos e o difamava. Quero pedir também desculpa aos leitores do blog Carlos Voges, o blog virou uma plataforma de aluguel para atentar contra a honra dos meus desafetos. Neste momento estou em profunda depressão, até pensei em me matar. Não consigo me livrar das drogas, meu namorado me abandonou, só consigo companheiro se pagar, mas preferi ao invés de me matar revelar toda verdade. Vou formalizar uma denúncia no Ministério Público de quem recebi dinheiro ilegal nos últimos anos. Nos meu momentos de lucidez estou nomeando todos eles e elencando os motivos que aceitei a propina. Quero ajustar todas as contas, me redimir com todos que ofendi, denunciar todos aqueles que  me compraram.Tenho um extensa lista a fazer, vou me dedicar o tempo que me resta esta missão, em uma tentativa de amenizar meus pecados. Nos próximos dias, meses e anos, se deus permitir, irei levar uma vida de remissão das minhas insanidades, falta de caráter e desonestidade. Em breve, se a saúde permitir, vou revelando os detalhes sórdidos da minha vida mundana, nefasta e suja
”.

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reinaldo inaugura indústria com 300 empregos e entrega escola em Caarapó
Geral
Acontece hoje o penúltimo sorteio da Nota Premiada MS pela Mega
Geral
Oito postos de combustíveis são autuados por irregularidades
Geral
Procon encontra mais de mil latas de cerveja vencidas
Geral
Ex-prefeita é condenada por fraudes em licitação de merendas em Bom Jardim
Geral
Processo seletivo da Reme para professores temporários é prorrogado
Geral
Vídeo: Carro pega fogo no centro da Capital
Geral
Subtenente da PM perde a luta para o coronavírus e causa comoção
Geral
Após confusões, morador e Damha chegam a um acordo
Geral
Pai que iria reencontrar filhos após 23 anos, morre ao colidir contra caminhão na BR-262

Mais Lidas

Polícia
Mulher é sequestrada ao descer de ônibus na capital
Brasil
Paciente com quase 300 kg que aguardou cinco dias por vaga na UTI morre em Natal
Polícia
Foram presos 39 homens durante operação na fronteira
Geral
Reinaldo inaugura indústria com 300 empregos e entrega escola em Caarapó