Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 99647-9098
Geral

OAB faz ato na segunda pedindo volta do expediente das 8h às 18 na Justiça

29 janeiro 2011 - 11h20
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Mato Grosso do Sul programou para às 13h30 da próxima segunda-feira ato público que vai pedir o o restabelecimento do expediente da Justiça Estadual das 8h às 18h. Durante a manifestação, serão colhidas a assinaturas contra a mudança de horário na Justiça, que, desde setembro do ano passado, teve o expediente concentrado no período da tarde, das 12h às 19h. Em entrevista hoje o novo presidente do TJ (Tribunal de Justiça), Luiz Carlos Santini, sinalizou que a tendência é que a mudança seja mantida, mas com a criação de plantões pela manhã. A OAB move uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra a alteração do expediente da Justiça, mas o processo ainda não teve definição. A manifestação anunciada pela entidade será em frente ao Fórum de Campo Grande, às 13h30. A Ordem defende a volta do expediente das 8h às 18h a partir de 1º de março de 2011, uma vez que a medida do TJ que estabeleceu o horário concentrado foi aprovada “em caráter experimental, excepcional e emergencial pelo período de seis meses, a partir de 1º de setembro de 2010 até 28 de fevereiro de 2011”. Segundo a OAB divulgou, o ato público será realizado em razão das inúmeras reclamações recebidas da advocacia e da sociedade em geral, quanto à ausência de atendimento no período matutino. No local, serão colhidas assinaturas dos advogados para a não prorrogação do referido prazo de vigência ou instituição de novas medidas que confrontem o horário de atendimento previsto na Constituição do Estado. O documento também será assinado pelo Conselho Seccional da OAB/MS, subseções, membros do Tribunal de Ética, relatores auxiliares e defensores dativos, presidentes e membros de comissões, prejudicados pela redução no horário de atendimento. Posteriormente, a solicitação será entregue à presidência do TJ. Reabertura- O ato também vai marcar a reinauguração das salas da entidade localizadas no Fórum de Campo Grande. A reestruturação, segundo informou a Ordem, foi feita com a finalidade de prestar melhor atendimento aos profissionais e estagiários. Com a mudança, a sala interna passa a ser para serviços de correspondente bancário, que além de ser próxima aos bancos, traz maior segurança. Já a externa, de tamanho maior, será para atendimento dos advogados, estagiários e acadêmicos de Direito. Novos mobiliários estão sendo instalados. Foi alterado o acesso à sala externa, isolando a porta de vidro atualmente utilizada, passando a usar a porta interna, já instalada, que liga a sala ao átrio do Fórum. A medida vai permitir melhor acessos dos advogados, estagiários e acadêmicos, que não precisarão sair do prédio e se expor às intempéries do tempo, sempre que necessário fazer uso dos serviços prestados pela Ordem. Fonte: CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Rio Miranda pode transbordar nos próximos dias, alerta Imasul
Geral
Pecuarista é autuado em R$ 41 mil por desmatamento ilegal
Geral
Debate sobre proibição do narguilé é adiado por falta de energia
Geral
Fumacê passa por 12 bairros nesta quarta
Geral
Reinaldo quer solução definitiva para assoreamento no Parque das Nações
Geral
"5º Costelão do Cotolengo Sul-Mato-Grossense" acontece em abril
Geral
Massacre em Suzano completa uma semana
Geral
Prefeito e governador entregam moradias no loteamento Bom Retiro
Geral
Drogasil e Drogaria São Leopoldo são autuadas pelo Procon
Geral
Superlua poderá ser vista hoje nas américas do Sul e Norte

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana